10/12/20 - 10:23:19

Avança Sergipe: Rodovia que liga Simão Dias e Pinhão já tem trecho concluído

As máquinas não param e os serviços de revitalização da Rodovia SE-179, entre os municípios de Simão Dias e Pinhão, nos Territórios Centro Sul e Agreste Central do estado, já está com 8,5 km de asfalto prontos até o momento, sendo 4,5 km em Simão Dias e 4 km em Pinhão. Atualmente, os trabalhadores executam a drenagem para dar prosseguimento aos serviços de reciclagem e pavimentação asfáltica dos 16 km restantes.

Segundo o engenheiro fiscal responsável pela obra, Felipe Rodrigues, os trabalhos se mantém céleres. “Estamos prosseguindo com os  serviços de drenagem que correspondem à implantação do meio-fio, sarjetas, instalação de bueiros e drenos. Para a próxima etapa está  previsto a continuidade da reciclagem e posteriormente a  pavimentação asfáltica. ” explica.

A ação faz parte do programa Pró-Rodovias do Governo do Estado, que objetiva recuperar parte da malha viária sergipana. Ao todo, serão 24 quilômetros de rodovia reestruturados, com um investimento de quase R$ 12,5 milhões de reais na região. No total, o Avança Sergipe vai contemplar diversos outros benefícios, em um investimento total de 1 bilhão e 200 milhões de reais.

A execução dos serviços é feita pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (Sedurbs), por meio do Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária de Sergipe, DER.  Para o Secretário Estadual do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade, Ubirajara Barreto, a revitalização da rodovia trará benefícios diversos.  “A obra facilitará o transporte de tudo que é produzido nos municípios da região, principalmente no que se refere a agropecuária, sobretudo em Pinhão e  nos municípios vizinhos,  que são os maiores produtores de milho do Estado.  Além disso, com a rodovia recuperada, o tráfego terá melhorias, principalmente para o transporte intermunicipal de passageiros, que aumentou consideravelmente nos últimos 15 anos e é carente de viasbem melhores condições de trafegabilidade”, ressalta.