12/12/20 - 13:35:05

AINDA SOB INTERVENÇÃO, CIRURGIA FAZ REFORMAS PARA BOM ENTENDIMENTO

O Hospital Cirurgia está sob intervenção há dois anos e passa por uma grande reforma para atender melhor a sociedade. Foram destinados cerca de 14 milhões em emendas parlamentares para o hospital, sendo que quase R$ 9 milhões são do deputado federal Laércio Oliveira.

Além de Laércio, os deputados federais Fábio Reis e Mitidieri também visitaram o hospital a convite da direção. Os deputados conheceram as novas instalações que vão abrigar o Centro de Oncologia e o Centro de Imagem do Cirurgia, além dos setores que já foram reestruturados com a capacidade de atendimento ampliada.

– Visitamos a sala do acelerador linear, uma alta tecnologia desenvolvida para emitir a radiação utilizada em diversos tratamentos para combater ao câncer, afirmou Laércio Oliveira.

– Colocamos 20 leitos de UTI novos para funcionar. Quando a gente viu o maior número de suspensão de cirurgia no hospital primeiro era pela falta do médico e dos anestesistas por causa do pagamento e também por falta de leito de UTI para o paciente depois da cirurgia porque trata-se de um hospital de alta complexidade, disse a interventora do Cirurgia Márcia Guimarães.

Em 2019 foram destinados cerca de 14 milhões em parlamentares para o hospital cirurgia que já recebeu 12 milhões delas. Só neste ano o deputado federal Laércio Oliveira destinou quase 9 milhões em emendas. O recurso já foi recebido Hospital.

“A felicidade que eu sinto neste momento por ter ajudado para que essas coisas aconteçam é muito grande. É uma medicina de ponta e um local histórico do nosso Estado, o hospital Cirurgia tem uma concepção a fim de atender a todos em um nível altíssimo”, afirmou Laércio.

Com mais de nove décadas, o Cirurgia é uma das referências em áreas como cardiologia, oncologia e neurocirurgia. Por mês, o Hospital chega realizar 350 procedimentos cirúrgicos pelo SUS. “Nós aumentamos bastante a produtividade. Nós melhoramos os fluxos de atendimento, fluxos de entrada no centro cirúrgico e de admissão dos pacientes, então nós conseguimos mesmo com o mesmo número de leitos, aumentar atendimentos porque a gente melhorou a forma e o fluxo de atendimento”, afirmou Rilton Morais, diretor técnico do hospital.