14/12/20 - 16:15:03

Lacen realiza análises para diagnóstico e tratamento da Tuberculose

O Laboratório Central de Saúde Pública de Sergipe (Lacen), realiza baciloscopia, exames de cultura e testes de sensibilidade para confirmação e tratamento da Tuberculose. O processamento das amostras no laboratório de Microbiologia ressalta a importância do diagnóstico para controle e prevenção ao contágio da enfermidade.

A tuberculose é uma doença infectocontagiosa causada pelo ‘bacilo de Koch’, seu contágio ocorre por meio de secreções respiratórias de pessoas infectadas e pode prejudicar vários órgãos como, pulmão, rins, fígado, ossos e sistema nervoso.

De acordo com o gerente de Microbiologia do Lacen, o biomédico Lucyano Renovato Jacob, as amostras encaminhadas pelos municípios e unidades hospitalares passam por diferentes tipos de análises, podendo ser processadas de forma manual e, ou automatizada. Os procedimentos laboratoriais incluem pesquisa de bacilos álcool-ácido resistentes em esfregaços da amostra, leitura em microscopia óptica, incubação em estufa para crescimento e identificação da bactéria, além de testes de sensibilidade às drogas e Teste Rápido Molecular em equipamento automatizado GeneXpert.

“Algumas bactérias podem se tornar resistentes à medicação, prejudicando a avaliação clinica e a cura do paciente. Esses testes realizados no Lacen auxiliam no diagnóstico e, na escolha da melhor medicação para o tratamento”, explicou o gestor.

O trabalho cumpre o Programa Nacional de Controle da Tuberculose (PNCT) do Ministério da Saúde (MS). Este ano o laboratório fez 6.404 exames no período de janeiro de novembro. Deste total, 2.156 foram baciloscopias, 2.947 PCR teste rápido, 1.121 culturas e 179 testes de sensibilidade às drogas de primeira linha.

*Vigilância em Saúde*
Conforme o superintendente do Laboratório Central, Cliomar Alves dos Santos, a unidade, é responsável pelas análises laboratoriais de média e alta complexidade de Vigilância em Saúde e complementação diagnóstica. “A tuberculose assim como as Meningites, Diarreias agudas + Cólera, Coqueluche e Difteria integram a lista de doenças que são tratadas como agravos de saúde pública. O trabalho desenvolvido no Lacen prima pela qualidade e, para isso conta com profissionais capacitados e laboratório equipado para processar as amostras e a investigação das enfermidades no Estado”, destacou o gestor.

*Testes rápidos*
Além de realizar os exames laboratoriais, o Lacen foi habilitado em 2015, pelo Ministério da Saúde para coordenar as unidades que realizam os testes rápidos de tuberculose, através do GeneXpert, um equipamento de alta sensibilidade e especificidade que diminuem as chances de um laudo falso negativo e ainda indica se o paciente está infectado com o Mycobacterium tuberculosis resistente aos medicamentos utilizados no esquema de tratamento.