16/12/20 - 05:35:23

Belivaldo fala do risco de colapso e Edvaldo vê êxito no combate à Covid. Sério? 

O assunto que movimentou o cenário político sergipano, nessa terça-feira (15), e que deve “esquentar” as discussões para mais adiante se deve a “segunda onda” da pandemia do novo coronavírus (COVID-19) que vai “ganhando corpo” e que, possivelmente, deve resultar na retomada das medidas de isolamento social. Em entrevista coletiva no Palácio de Despachos, o governador Belivaldo Chagas (PSD) surpreendeu quando, após uma dura reunião do Comitê Técnico Científico anunciou medidas de maior controle para eventos, abertos e fechados, neste final de ano.

Quando justificou suas posições, o governador externou sua preocupação com a tradicionais aglomerações nos eventos de final de ano, como o Natal e o réveillon. Houve uma redução de 75% para 50% no fluxo de clientes para bares e restaurantes, além de uma maior delimitação sobre a quantidade de pessoas reunidas em eventos, públicos ou privados. Belivaldo explicou que se não tomar providências agora, 14 dias após as festas a COVID estará meio que “consolidada”, chegando a colocar a rede de Saúde do Estado em situação de colapso.

O governador, inclusive, chama a atenção para outro aspecto importante: até o dia 10 de janeiro haverá uma nova reunião do Comitê Técnico Científico e, a depender do quadro em que se encontrar a COVID em Sergipe, não descartou retomar os já conhecidos “decretos” para determinar novos “fechamentos” de atividades comerciais, dentre outras; sob as escolas, por exemplo, já é sabido que o ensino público presencial só deverá ocorrer a partir do final de Março; o privado, previsto para 18 de janeiro, também já pode ficar muito prejudicado;

Sobre a vacinação dos sergipanos, Belivaldo explicou que cada dose da vacina custa US$ 10 e que seu governo vai precisar de algo em torno de 4 milhões de doses (o que daria um investimento aproximado de R$ 200 milhões), cuja “conta” ele tratou de jogar para o governo federal, cobrando inclusive o Plano Nacional de Imunização. Mas, como perguntar não ofende ao “galeguinho”, e qual será a “contrapartida” do seu governo? Vai apenas restringir as atividades comerciais? Vai apenas diminuir a circulação de pessoas? E jogar a responsabilidade no “colo” do presidente da República?

Mas, ainda assim, mesmo diante de uma situação bastante adversa, há de se reconhecer que o governador não se “esconde”, não finge que o problema não é com ele; Belivaldo tem seus defeitos, mas “dá a cara para bater”! Agora, ainda em tempo, por onde anda o “fenômeno eleitoral” de Aracaju, o prefeito reeleito Edvaldo Nogueira (PDT)? A decisão do governador interfere, diretamente, em muitos empreendimentos da capital, e o prefeito nada diz? Não se posiciona? Sequer “acompanha o relator”? Será que vai construir outro Hospital de Campanha (SIC)?

Não, caro leitor! Enquanto o governador tenta justificar “o injustificável”, falando em um possível “colapso” do nosso sistema de Saúde, público e privado, do interior e da capital, o prefeito estava assinando uma ordem de serviço, é verdade, para a construção de uma UBS no Mosqueiro, mas (PASMEM) destacando o “êxito” da secretaria de saúde de Aracaju no combate à COVID! Dá para acreditar? Isso com Belivaldo revelando que Sergipe tem o maior percentual de transmissão do vírus do País! Pelo visto temos outros “vírus” soltos por aí! O da “vaidade” nem se fala…

Veja essa!

O ex-governador João Alves Filho (in memoriam) nos deixou entre os dias 24 e 25 de novembro; em menos de 30 dias, em uma assinatura da ordem de serviço de uma UBS no Mosqueiro, o prefeito reeleito Edvaldo Nogueira voltou a criticar a “gestão anterior” do democrata.

E essa!

E pensar que há cerca de 15 dias, o DEM, partido do ex-governador, orientou seus filiados a votar na reeleição de Edvaldo Nogueira, no 2º turno da capital. Posição política que, se estivesse vivo, certamente João Alves Filho jamais aceitaria. É vida que segue…

Elber & Camilo

Os suplentes de vereador que conseguiram na Justiça Eleitoral a liminar para impedir a diplomação dos eleitos Fábio Meireles e Sávio de Vardo da Lotérica, Elber Batalha Filho e Camilo Feitosa (PT) – filho do deputado federal João Daniel, ao que tudo indica, podem sim assumir a titularidade dos mandatos já a partir de fevereiro.

 Exclusiva!

A coluna tomou conhecimento que, pelos cálculos que serão feitos caso todos os votos do PSC sejam realmente anulados, entrariam Elber e Camilo; entrariam! Como uma candidata do PT teve seu registro indeferido, se seus votos forem anulados, quem será beneficiado com uma cadeira na Câmara Municipal é o atual vereador Zezinho do Bugio (PSD) que, na eleição de novembro, ficou como suplente.

Sem remédio jurídico

Este colunista conversou com um advogado com experiência em direito eleitoral e o mesmo explicou que a decisão da Juíza da 1ª Zona Eleitoral de Aracaju, atendendo ao parecer do MPE, impedindo a diplomação dos vereadores, dificilmente será revertida pela defesa dos eleitos e do PSC. “O remédio jurídico é amargo, porque não sabe recurso; todos serão ouvidos e terão que explicar o que ocorreu. Já existe decisão semelhante e recente do TSE neste sentido”. Parece que complicou…

Posse e eleição com 22

Caso os dois vereadores eleitos não sejam diplomados, a solenidade de posse do próximo dia 1º será de apenas 22 parlamentares em Aracaju, que, inclusive, participarão da eleição da Mesa Diretora. Como o Poder Judiciário entra em recesso na próxima sexta-feira (18), a retomada dessa polêmica só deverá ocorrer em meados de janeiro, ainda assim, antes da abertura dos trabalhos na CMA, em 1º de fevereiro.

Bomba!

Ainda sobre a Câmara Municipal de Aracaju, apesar de negar publicamente, o prefeito Edvaldo Nogueira já se reuniu com os vereadores e também já sinalizou que seu candidato a presidente do parlamento é o vereador Josenito Vitale (PSD), o “Nitinho”. Edvaldo não quer deixar explícito que existe ingerência no Legislativo, mas isso já é algo comum nos parlamentos brasileiros.

Outros casos

Quem ninguém se engane: estão em andamento uma série de investigações eleitorais, sobre denúncias de abuso do poder político e econômico nas eleições municipais, como registros fotográficos, gravações, delações e vídeos com supostos casos de compra de votos. A COVID-19 vai atrapalhar um pouco; o recesso do Judiciário também; mas é possível que teremos muitas “novidades” para 2021 que, por sinal, é logo ali…

Quadro assustador I

Na coletiva que deu após a reunião do Comitê Técnico Científico, o governador Belivaldo Chagas anunciou medidas de contenção contra o avanço da COVID e reconheceu que os números do Estado estão piorando muito, ao ponto de existir o risco de Sergipe viver um “colapso” em sua rede de Saúde em meados de janeiro.

Quadro assustador II

Ao falar da gravidade da doença em Sergipe, Belivaldo disse que a quantidade de pessoas que estão contaminadas é muito grande que “infelizmente temos o maior RT do País, ou seja, para cada 100 pessoas contaminadas, elas contaminam outras 187”, disse, confirmando que medidas “mais duras” serão tomadas já em janeiro para tentar “frear” a segunda onda da pandemia.

Oh Capela véia doida!

Segundo declaração do governador Belivaldo Chagas, o município de Capela superou Simão Dias e hoje tem o pior índice de professores e alunos da rede pública infectados com o novo coronavírus. Parece não ter jeito para o município sergipano ter uma manchete positiva. Quando não são os “casos de polícia”, são os “casos de Covid”. Uma lástima!

Alese

Os deputados estaduais aprovaram, por unanimidade, na sessão mista dessa terça-feira (15), na Assembleia Legislativa, uma pauta com indicações dos próprios parlamentares, além de um requerimento de autoria do presidente da Casa, deputado Luciano Bispo (MDB), convidando o superintendente Especial de Recursos Hídricos e Meio Ambiente (SERHMA), Ailton Francisco da Rocha, para apresentação sobre a Política de Recursos Hídricos no Âmbito do Pró-Gestão e Pró-Comitê, no plenário da Alese, durante a sessão desta quarta-feira (16).

Goretti Reis

De autoria da deputada Goretti Reis (PSD) foi aprovada a indicação em que ela solicita ao governador do Estado para viabilizar o policiamento e blitz, nos finais de semana, no estacionamento central da praia da Cinelândia, na passarela do Caranguejo, na Av. Santos Dumont, bairro Atalaia, em Aracaju, em virtude de várias denúncias de tráfico e consumo de drogas. Em outra indicação, Goretti também solicita ao prefeito de Aracaju providências cabíveis para a retirada ou a padronização dentro da legislação, das barracas que estão sendo postas ao longo da praia da Cinelândia.

Talysson de Valmir I

Por sua vez, também foram aprovadas três indicações do deputado Talysson de Valmir (PL). Na primeira delas ele solicita ao governador para viabilizar estudos e implementação de ações de sinalização indicativa de ciclistas na BR-235, em todo o trecho que cruza o Estado de Sergipe, visando a segurança destes.

Talysson de Valmir II

Em outra indicação Talysson solicita ao governo, para viabilizar através do Superintendente Regional do DNIT em Sergipe, estudos e obras de melhoria no acesso à cidade de Pinhão, através do trevo localizado na BR-235. E na terceira indicação o deputado solicita a urgente realização de reparos na rodovia SE-175, entre Nossa Senhora Aparecida e Nossa Senhora da Glória, considerando o surgimento de uma cratera na pista, que coloca em risco a segurança de todos os motoristas que transitam na localidade.

Kitty Lima

De autoria da deputada Kitty Lima (Cidadania) foram aprovadas duas indicações: na primeira ela solicita ao governador para viabilizar a forma do antigo prédio sede da DRE-1, localizado na cidade de Estância, na praça Barão do Rio Branco; na segunda indicação aprovada Kitty requer a reforma do terminal rodoviário Paulo Barreto de Menezes, também localizado na cidade de Estância.

Doutor Samuel

Foram aprovadas duas indicações do deputado estadual Doutor Samuel (Cidadania): na primeira delas ele solicita ao governador para viabilizar medidas necessárias e urgentes para regularizar o abastecimento de água no Conjunto João Alves, em Nossa Senhora do Socorro. Na outra indicação ele requer o patrulhamento policial e ronda ostensiva no Conjunto Parque dos Faróis, também em Nossa Senhora do Socorro, durante a noite e madrugada.

Adaílton Martins

Também foi aprovada a indicação do deputado estadual Adaílton Martins (PSD) onde ele solicita ao diretor da telefônica Brasil S/A – Operadora Vivo, para viabilizar a instalação de uma torre com sinal de celular e internet no povoado Nova Descoberta, no município de Itaporanga d’Ajuda.

Alessandro Vieira I

O Plenário do Senado Federal votou a regulamentação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), principal mecanismo de financiamento da educação básica no Brasil. O texto do Projeto de Lei 4.372/2020 aprovado pela Câmara dos Deputados em 9 de dezembro tem pontos polêmicos. O senador Alessandro Vieira (Cidadania) apresentou emendas para retomar a redação original do relatório do deputado Felipe Rigoni, além de emenda que atende às principais demandas dos professores.

Alessandro Vieira II

“A educação é a melhor ferramenta para transformar a realidade. O Fundeb vai garantir mais recursos para a educação, mas sua aplicação tem de ser feita de modo mais eficiente a fim de assegurar efetividade. Um bom planejamento para a educação é possível, é viável, mas é necessário fiscalizar com muito cuidado, com muita ciência, os gestores. Não é só garantir mais recursos para a educação básica, mas, principalmente, uma arquitetura mais eficiente”, defende Alessandro Vieira.

TCE & MPE I

Em reconhecimento à parceria constante em diversas ações ao longo dos anos, o Ministério Público de Sergipe (MPE/SE) também foi homenageado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE), com a medalha alusiva ao seu cinquentenário. Coube ao conselheiro-presidente, Luiz Augusto Ribeiro, fazer a entrega da honraria ao procurador-geral de Justiça, Manoel Cabral Machado Neto.

TCE & MPE II

“O Ministério Público estadual não poderia ficar de fora das nossas homenagens, afinal, foram diversas ações conjuntas que marcaram a sólida relação que há entre essas duas instituições, sempre em benefício da sociedade sergipana”, comentou o conselheiro.

Manoel Cabral Machado

A ocasião também foi marcada por uma coincidência. Quis o destino que, neste momento comemorativo, o parquet estadual seja chefiado pelo neto do primeiro presidente do TCE, conselheiro Manoel Cabral Machado, falecido em janeiro de 2009. “Com esta Casa temos uma ligação não apenas por laços institucionais, mas por laços pessoais, já que meu avô foi o primeiro presidente”, comentou Cabral Machado Neto.

Agradecimento

Ainda segundo ele, o MP se sente honrado pela homenagem: “O Ministério Público, no seu papel de fiscalização, atua de forma coirmã com o Tribunal de Contas, nessa busca pela transparência das contas públicas, pela fiscalização do erário, então é com muita alegria que recebemos esta medalha”, ressaltou. A entrega da Medalha do Jubileu de Ouro do TCE ao Ministério Público de Sergipe foi presenciada ainda pelos conselheiros Carlos Alberto, Ulices Andrade e Flávio Conceição, bem como pelo promotor Etélio de Carvalho Júnior.

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com