16/12/20 - 17:52:50

Prefeitura de Aracaju intensifica fiscalização no comércio e orienta para medidas de biossegurança para evitar o Covid

A Prefeitura de Aracaju iniciou a execução de novo cronograma de ações intensificadas de fiscalização a estabelecimentos comerciais para orientar e verificar o cumprimento das medidas de biossegurança necessárias para evitar o contágio pelo novo coronavírus.
O trabalho, desenvolvido por equipes dos órgãos operacionais da Secretaria Municipal da Defesa Social e Cidadania (Semdec), contemplou, nesta quarta-feira (16), os calçadões do Centro da cidade e um shopping localizado na zona Norte da capital.

Tendo em vista o monitoramento da situação pandêmica em Aracaju, a Prefeitura conta com a Defesa Civil municipal, Programa Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon Aracaju) e Guarda Municipal de Aracaju (GMA) como mais um suporte, além da Rede de Vigilância Sanitária (Revisa), da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), para a manutenção das medidas prevista nos decretos do poder executivo.

Esse trabalho de fiscalizações, de acordo com o coordenador da Defesa Civil de Aracaju, major Silvio Prado, leva em consideração, sobretudo, o período do ano que, tradicionalmente, movimenta mais a cidade e os pontos de maior fluxo de pessoas, como o comércio e centros de compras.
“Como estamos próximos das festas de final de ano, é muito importante que reforcemos as orientações aos comerciantes, já que há a tendência de aglomeração. Nesse momento, em que já registramos o aumento do número de casos de covid-19, o fortalecimento desse tipo de ação é de extrema importância para que haja o distanciamento de pessoas e o cumprimento das demais medidas”, afirmou o coordenador da Defesa Civil de Aracaju.
Conforme explicou Silvio, foram definidas classes de ocupação para fazer as vistorias. “Nesta quarta, foram vistoriados os estabelecimentos do Centro e do shopping. Até o dia 23, iremos, ainda, em instituições de ensino, bares e restaurantes, centro de compras, salões de beleza, academias e supermercados. Todo o trabalho vem sendo executado para controlar o número de casos e contribuir para a não lotação dos hospitais. É preciso muito cuidado e cautela por parte de todos”, pontuou o Silvio Prado.
No primeiro momento, as ações visam orientar, no entanto, caso haja reincidência de descumprimento de medidas, o coordenador do órgão municipal frisou que atitudes mais enérgicas serão tomadas.
“Remeteremos relatórios ao Ministério Público solicitando a interdição do estabelecimento por meio das vias judiciais. Temos percebido que, com relação ao uso de máscara e álcool em gel tem menos ocorrência, mas as aglomerações têm ocorrido e isto tem dificultado bastante e, consequentemente, podem ser um dos fatores que têm contribuído para o aumento dos casos de covid-19 na cidade”, ressaltou o major Silvio.
5 anexos