23/12/20 - 08:32:17

Panos quentes na relação trincada

Por Adiberto de Souza

As duas principais lideranças do PT sergipano estão entre os políticos que já compareceram ao beija mão do governador Belivaldo Chagas (PSD). Mais do que desejar boas festas ao aliado, o senador Rogério Carvalho e o deputado federal João Daniel foram colocar panos quentes na arranhada relação do partido com o chefe do Executivo. Embora os dois lados insistam em negar, a amizade entre eles foi seriamente arranhada quando o prefeiturável petista Márcio Macedo acusou o governo de usar a máquina pública para reeleger o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PDT). Diante da revolta de Belivaldo com a acusação, a direção do PT vem fazendo das tripas coração para não perder as gordas tetas do governo. Após conversarem amenidades com Chagas, coisa natural nesse tipo de encontro, Rogério e João Daniel saíram do beija mão convencidos de que, apesar dos pesares, as relações com o governador estão pacificadas, o que garante ao partido continuar usufruindo da máquina pública até um novo atrito, que eles esperam não ocorra antes de 2022. Marminino!

Em cima do muro

O novo deputado estadual João Marcelo (PSDB) deixou claro ser um autêntico tucano ao revelar que não será nem governo nem oposição. Entrevistado pela rádio Fan/FM, o ex-prefeito de Nossa Senhora das Dores informou que seu mandato será voltado para atender os interesses da sociedade. “Nunca foi um político de oposição ou situação, mas do diálogo”, discursa. João Macedo vai substituir na Assembleia o deputado estadual Dilson de Agripino (Cidadania), que renunciará para ser empossado prefeito de Tobias Barreto. Ah, bom!

Escravidão no campo

Cerca de 60% dos trabalhadores rurais atuam na informalidade e com salários menores que os formais. Segundo o IBGE, além da perda de garantias trabalhistas, os baixos salários são preocupantes. Pesquisa revela que 78,5% dos trabalhadores assalariados rurais informais têm rendimento médio mensal de até um salário mínimo, sendo que quase metade desse total (33,9%), recebe menos de um salário. Desconjuro!

Pernas pro ar

Os servidores do governo de Sergipe e da Prefeitura de Aracaju ficarão de pernas pro ar amanhã (24) e quinta-feira (31) da próxima semana. É que tanto o governador Belivaldo Chagas (PSD) quanto o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) decretaram ponto facultativo nas vésperas do Natal e Ano Novo. Os decretos ressalvam, contudo, que as atividades essenciais do governo e da Prefeitura funcionarão normalmente durante o “feriadão”. Aos servidores, desejamos bom descanso. Aproveitem, mas usem máscaras e evitem aglomerações. Aff Maria!

Presentes esperados

O presente de Natal mais desejado pelos vereadores eleitos Fábio Meireles e Sávio Neto de Vardo da Lotérica – ambos do PSC – é a cassação da liminar que os impediu de serem diplomados. Por sua vez, os suplentes Elber Batalha Filho (PSB) e Camilo de João Daniel (PT) esperam como presentes Papai Noel a manutenção da liminar e a autorização da Justiça para substituírem Fábio e Sávio na Câmara de Aracaju. Os dois eleitos foram punidos após graves denúncia sobre possíveis irregularidades nas candidaturas femininas do PSC. Crendeuspai!

Respeitem os índios

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) só pensa em entregar as terras dos índios a garimpeiros, madeireiros e fazendeiros. Enquanto isso, as tribos vivem aos Deus dará, enfrentando todo tipo de problemas. Aqui mesmo em Sergipe, a comunidade Xokó, em Porto da Folha, sofre com a caça predatória e o desmatamento, crimes praticados por invasores da Ilha de São Pedro, sede da aldeia. Só Jesus na causa!

Bancada do TCE

O Tribunal de Contas de Sergipe se confunde com uma agremiação política. Dizem as línguas ferinas que, graças ao prestígio de três dos seus conselheiros, O TCE conta com representantes tanto na Assembleia quanto na Câmara dos Deputados. Os conselheiros Ulices Andrade e Angélica Guimarães estão representados no legislativo sergipano pelo filho Jeferson Andrade (PSD) e o esposo Vanderbal Marinho (PSC), respectivamente. O presidente da Corte, Luiz Augusto Ribeiro, tem o filhão Gustinho Ribeiro (SD) na Câmara Federal. E olhe que, segundo dizem alguns, os senhores conselheiros não fazem uso político do Tribunal de Contas de Sergipe. Home vôte!

Tragédia de Umbaúba

O deputado estadual Iran Barbosa (PT) e o presidente do Instituto Cigano do Brasil, Rogério Ribeiro, se reuniram com o delegado-geral da Polícia Civil, Tiago Leandro. O objetivo do encontro foi tratar sobre os assassinatos dos policiais civis Marcos Luis Morais e Fábio Alessandro Pereira Lopes e as mortes de cinco ciganos no município de Umbaúba. Rogério Ribeiro defendeu que os ciganos culpados pelo fuzilamento dos agentes civis sejam punidos conforme manda a lei, mas apelou para que não “se faça justiçamento”. Segundo ele, a comunidade cigana está apavorada, temendo que ocorram novas mortes. Cruz, credo!

Conversa de bastidores

E os vereadores eleitos Ricardo Marques, Sheyla Galba – ambos do Cidadania – Breno Garibalde (DEM), Pastor Diego (PP) e Emília Corrêa (Patriota) se reuniram para, segundo informaram, discutir o fortalecimento da Câmara de Aracaju. Nas esquinas da cidade, contudo, comenta-se que a reunião tratou sobre a eleição da Mesa Diretora do Legislativo. Aliás, até o próximo dia 1º, esse tema ocupará a maior parte do tempo dos novos vereadores da capital. Vixe!

Capitão decepciona

E o senador Alessandro Vieira (Cidadania) já deve ter se arrependido do voto dado ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Dia sim outro também, o fidalgo bate pesado no inquilino do Palácio do Planalto. Veja a última crítica de Vieira ao capitão de pijama: “Os passadores de pano do Bolsonaro entendem agora a razão de combater a indicação do Kassio Nunes para o STF? Se ainda não entenderam, vou tentar desenhar: tem gente que combate a corrupção e tem gente que defende corrupto. Bolsonaro está do lado de lá, destruindo a Lava Jato”. Misericórdia!

Recorte de jornal

Publicado no jornal Correio de Aracaju, em 15 de novembro de 1918.