29/12/20 - 00:23:44

Edvaldo vai tentar o Governo

Diógenes Brayner diogenesbrayner@gmail.com

O prefeito reeleito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PDT), reuniu-se com a sua equipe, na quarta-feira passada, e falou sobre o novo período administrativo que se inicia sexta-feira. Relatou a continuidade do trabalho e até a intensificação de obras, com objetivo de revelar que mudava apenas o período de mandato – saia de um e entrava em outro – sem redução do ritmo. E assim será por todo o período, para que as obras sequentes e imediatas possam levar à sociedade uma visão de gestão dinâmica permanentemente, independente de que haja eleição ou não.

Edvaldo avisou que não haveria mudanças. A equipe permaneceria a mesma durante todo o novo mandato que segue. Ele vem dizendo isso sempre, mas há quem não acredite, em razão de um ou outro compromisso assumido na formação de um apoio político sólido, que o trouxesse de volta ao comando de Aracaju. É natural que, quem participa de um pleito que saia vitorioso, imagine uma participação efetiva na administração, mesmo que ela tenha os mesmos objetivos do mandato anterior ou que veja à frente acenos para um projeto novo, em que seja necessário manter o bloco unido para solidificar maiores avanços.

Ontem, perguntado se o prefeito Edvaldo Nogueira seria candidato a governador em 2022, um dos seus auxiliares bem conectado com ele deu uma estrondosa gargalhada. Tamanha que dobrou o “Ra-Ra-Ra-Rá”. Sinal de que a resposta era sim! Embora o prefeito anuncie que cumprirá todo o seu mandato, com conclusão em 31 de dezembro de 2024. Quem acredita? Alguns poucos que não vinculam esse tesão de qualquer político pela própria superação. Mas imaginar que a partir de janeiro de 2024 Edvaldo ficará sem mandato por, no mínimo, dois anos é um pouco de inocência em relação à natural tendência de um líder político em conquistar maiores espaços.

Um dos detalhes que leva a crer que Edvaldo não para com esse quarto mandato: ele mesmo já disse que não disputará mais a Prefeitura de Aracaju. Então, o único caminho que tem é a sucessão de Belivaldo Chagas, porque não esconde a sua vocação pelo executivo. Pode não acontecer, mas é o nome, embora o grupo que integra tem aliados que desejam traçar o mesmo caminho. Caso se candidate, Edvaldo ficará prefeito até 31 de abril de 2022 e partirá para uma nova missão, deixando em seu lugar a vice Catarina Feitoza.

Evita aglomerações

A posse de prefeito, vice-prefeito e vereadores de Aracaju vai ocorrer na sexta-feira no auditório do Tribunal de Justiça de Sergipe, sem a presença até de familiares.

*** A informação é de um dos vereadores reeleitos, baseado no que consta no convite.

*** A decisão teria sido do próprio TRE, em razão da pandemia do Covid-19 e para evitar aglomerações.

Assume 22 vereadores

Aracaju dará posse a apenas 22 vereadores que foram diplomados, porque os dois eleitos pelo PSC esperam decisão do TSE sobre a anulação dos votos.

*** Deveriam assumir Elder Batalha (PSB) e Camilo (PT), mas ainda não houve conclusão do processo sobre a questão de mulheres “laranjas”.

Nitinho, o presidente

O presidente da Câmara para o período de 2021 a 2022 será mesmo o vereador Nitinho Vitale (PSD), que fiará pela terceira vez no cargo.

*** Houve acordo entre a maioria dos vereadores – com uma dose de vontade do prefeito Edvaldo. Nogueira (PDT) – e decidiram pelo nome de Nitinho, por ser o mais experiente.

Espera mais dois anos

Um dos vereadores eleitos não vai apoiar Nitinho e acha que a decisão do TSE sobre o impedimento de reeleição de presidentes do Congresso e da Câmara também atinja Estados e Municípios a partir de 2022.

**** – Só assim a oposição poderá se unir aos vereadores da situação e tentar eleger outro nome para presidir o legislativo.

Posição de vereadores

O grupo de vereadores eleitos, mais a vereadora reeleita Emília Corrêa (Patriotas), vem mantendo reuniões constantes para adotar uma posição na Câmara Municipal.

*** Tudo indica que terá um posicionamento independente ou de oposição.

*** O bloco não vai indicar um nome para disputar a Presidência porque não tem número suficiente para isso, mas adotará posição na escolha.

Sem problema grave

Não houve qualquer atrito entre o governador Belivaldo Chagas (PSD) e o presidente da Assembleia, Luciano Bispo (MDB), que provocasse o problema de saúde do deputado.

*** A informação circulou em um portal e se espalhou por grupos, exaltando o fake news.

*** Belivaldo e Luciano são aliados próximos, conversam sem problema e jamais houve qualquer contrariedade entre os dois que atingisse a saúde de um ou de outro.

Política do oportunista

O deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania) contestou e votou contra o aumento de taxas de órgãos do Governo, principalmente da CNH, emitida pelo Detran.

*** Sobre o discurso de Georgeo, o deputado Francisco Gualberto (PT) disse: “a pior política não é de direita, nem de esquerda, é a do oportunista”.

Depende do momento

Os deputados estaduais Zezinho Guimarães (MDB) e Capitão Samuel (PSC) têm conversado com o DEM para filiarem-se ao partido e disputarem a Câmara Federal.

*** O presidente regional do partido. José Carlos Machado, admite a possibilidade, mas lembra que eles só vão poder mudar de sigla em maio ou junho de 2022.

***Acha que o tempo é longo e admite que se o DEM for bom para eles se filiam, mas se não for procuram outras siglas.

Seria mais Centro Móvel

José Carlos Machado diz que até as eleições de 2022 muita coisa pode mudar e tudo vai depender de como estará o momento político.

*** Para ele há um erro na denominação “de Centrão”: deveria se chamar de “Centro Móvel” e explicou: “ele está sempre com qualquer Governo”.

Encontro com Belivaldo

O governador Belivaldo Chagas (PSD), o senador Rogério Carvalho (PT) e o deputado federal João Daniel (PT) tiveram uma conversa longa na terça-feira da semana passada.

*** Trataram de tudo, até política, e o encontro foi considerado “carinhoso entre todos nós”

*** No final do encontro ficou definido: “o PT está na base aliada ao governador Belivaldo Chagas, que reafirmou desejo pela manutenção do grupo”.

Sobre candidaturas

Na conversa também se tratou das eleições estaduais de 2022 e concordaram que todos terão direito de apresentar nomes para disputar mandatos, incluindo governador, vice e senador.

*** Belivaldo Chagas manterá a coordenação do bloco para a disputa eleitoral, e o PT está junto. Novos encontros vão acontecer.

Líderes do MDB

Os deputados federais Isnaldo Bulhões (AL) e Fábio Reis (SE) foram eleitos ontem, por aclamação, novo líder e vice líder do MDB na Câmara Federal.

*** Aconteceu em reunião virtual da bancada do partido ontem. Segundo Fábio, o MDB “está renovado e de cara nova”.

Uma boa conversa

Posses na sexta – Cidades do interior se preparam para a posse de novos prefeitos (e dos reeleitos) para a próxima sexta-feira.

Marca histórica – Dólar fecha em alta, cotado a R$ 5,24 ontem. O Ibovespa alta volta a se aproximar de sua marca histórica.

Blog do Noblat – Bolsonaro: “Não aguentamos mais lockdown e medidas que quebram a economia”.

Revista Fórum – “Passa dos limites”: FHC se solidariza com Dilma contra fala de Bolsonaro sobre tortura da ex-presidenta.

Agência Brasil – Governo Federal prevê adesão de 54 escolas ao modelo cívico-militar em 2021 em todo o Brasil.

Jailton Santana – Para Jair Bolsonaro, fabricantes de vacinas é que devem procurar Brasil, não o contrário.

Revista Fórum – Bolsonarista surta e agride funcionários do McDonalds: “Toda hora acaba o catchup nessa merda aqui”.

Cristóvão Buarque – OAB quer processo de impeachment depois da epidemia. Esta é a única explicação lógica para Bolsonaro não querer apressar a vacina.