31/12/20 - 06:42:55

Atividades continuam na preparação para o Enem e inscrições superam 2019     

Houve aumento de quase 20% em relação ao ano de 2019

A pandemia não impediu que os alunos da Rede Estadual que estão se preparando para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), cujas provas serão aplicadas nos dias 17 e 24 de janeiro, desistam do sonho de ingressar na Universidade. Por isso, com o objetivo de dar suporte aos estudos, a Seduc, por meio do Departamento de Apoio ao Sistema Educacional (Dase) – Pré-Universitário, além do Departamento de Educação, por intermédio do Serviço de Ensino Médio, lançaram um elenco de ações, a exemplo do Plantão Enem 2020 em formato online (lives diárias no canal do Youtube da Educação Sergipe), do podcast “Preuni no Rádio” na Rádio Aperipê AM 630, revisões para o Enem na TV Alese e no canal do Youtube, simulados online, e disponibilidade de cadernos para o estudo e conteúdos no Portal Estude em Casa.

“As ações que foram programadas para 2020 sofreram alterações por conta da pandemia. Conseguimos atender de forma remota a todos os polos e estamos confiantes de que nossos estudantes estão preparados para a prova”, declara a coordenadora do Pré-Universitário, Gisele Pádua.

Além disso, o Serviço de Ensino Médio da Seduc buscou realizar o engajamento dos estudantes na participação das aulas não presenciais e na retomada das atividades presenciais por meio das redes sociais, grupos de whatsapp e turmas virtuais.

Isabella Santos, chefe do Semed, fala sobre a importância da parceria entre setores e a importância de promover ações que sensibilizem os candidatos ao ensino superior a continuarem a maratona de estudos. “Em parceria com o Pré-Universitário são feitas reuniões e mobilizações das DREs a fim de que as escolas reacendam a chama dos sonhos e planos dos nossos estudantes para que estes os alcancem com todo o apoio e suporte da Secretaria e das escolas”.

E foi justamente o Enem que motivou o retorno das aulas presenciais para as terceiras séries do Ensino Médio. “Com a data das provas se aproximando, o acolhimento dos professores aos estudantes é essencial para motivar e fazer com que estes se sintam mais apoiados”, explicou Santos.

Ensino Médio em Tempo integral

O Núcleo Gestor de Escolas de Tempo Integral (NGETI) também realizou ações voltadas para o Enem nesta modalidade de ensino. Segundo Emanoela Ramos, coordenadora do setor, as ações foram pautadas em três pilares. “Juntamente com as ações do Dase, nós do Ensino Integral trabalhamos com foco no acolhimento, na disciplina de Pós-Médio e nas Organizações Curriculares (OC)”, falou.

Ela explicou que, com o retorno às aulas, a mobilização por parte do setor e dos professores foi no foco do retorno presencial da disciplina de Pós-Médio, e mesmo no isolamento social ocorreram lives e aulas síncronas e assíncronas com o intuito de mostrar todo o universo das profissões, provas do Enem e das possibilidades que esse exame oferece.

Durante o período de inscrições no Enem, o núcleo também realizou o engajamento dos estudantes por meio do contato direito do tutor de cada aluno para incentivá-lo a participar, orientá-lo na inscrição e mostrar-lhe a importância desse exame para o seu Projeto de Vida.

Estão envolvidos mais de 200 professores nessa força-tarefa. Mesmo com o distanciamento social, a rede estadual de ensino alcançou dado importante de superação dos números de inscrições no Enem em Sergipe. Houve aumento de quase 20% em relação ao ano de 2019.

Diretorias regionais

As diretorias regionais de educação também realizaram ações pontuais para engajar os alunos para o Enem. A Diretoria de Educação de Aracaju (DEA) montou um plano de atividades junto às escolas com foco na prova.

As iniciativas começaram em maio com mobilizações para as inscrições. A partir desse momento, algumas escolas da DEA começaram plantões diários para o Enem, oficinas de redação com foco nas cinco competências, além de atividades com parceiros para trabalhar o socioemocional, como também a questão do mercado de trabalho.

Segundo Gilvania Guimarães, coordenadora da DEA, as escolas circunscritas a essa diretoria conseguiram efetivar muitos projetos para a prova, mesmo em distanciamento social. “A equipe pedagógica e, principalmente, nossos professores continuam dando assistência aos alunos que estão inscritos no Enem para que eles possam se sentir cada vez mais preparados. Em momento nenhum as escolas pararam. Elas continuaram buscando estratégias e inovando nas metodologias para apoiar os alunos nessa fase”, pontuou.

Plantão Enem

Por conta da boa aceitação das atividades remotas, a Seduc continua o trabalho com mais de 70 professores sergipanos que estão gravando aulas e disponibilizando-as no canal do Youtube. A cada semana, os estudantes recebem um cronograma com o plano de estudos correspondente àquela semana.

Todas as noites, os alunos têm acesso a duas aulas, sempre se iniciando às 19h, no YouTube: www.youtube.com/educacaosergipe. Além disso, encontros virtuais pelo Instagram são realizados para debater temas de Redação, Língua Portuguesa e História, por exemplo. Além disso, a equipe do Pré-Universitário convidou uma psicóloga para conversar sobre como amenizar os prejuízos da pandemia durante a rotina de estudos.

Com aproximadamente mais de mil espectadores, geralmente, os assuntos abordados nas aulas dão sequência ao que os estudantes estão vendo em cada componente curricular nos cadernos didáticos distribuídos. Assim, também são realizadas resolução de problemas e atividades, além de sugestão de leitura e material complementar, como textos, vídeos e outros exercícios.

Preuni no Rádio

Na rádio Aperipê, o Pré-Universitário lançou o programa “Preuni no Rádio”. As aulas preparatórias para o Enem na Rádio Aperipê AM 630 estão ocorrendo de segunda a sexta-feira, das 9h22 à 9h42, com dois momentos de 10 minutos cada, seguidos de dicas com um minuto de duração por área de conhecimento. O conteúdo é produzido e conduzido pelos professores articuladores do Preuni Seduc.

“Percebemos que as aulas não estavam chegando a todos os estudantes, então reforçamos as ações e lançamos essa série de podcasts com dicas dos conteúdos mais relevantes para a prova”, conta Pádua.

Cadernos Complementares

Ainda em março, antes do isolamento social, o Programa já havia lançado dois cadernos de estudo para download: Caderno I (Arthur Bispo do Rosário) e o Caderno de Redação Zizinha Guimarães. Após esses lançamentos, foi disponibilizado o Caderno II (Acrísio Cruz). Os três cadernos agora compõem todo o material para o exame no Portal Estude em Casa e são eles que permearam todas as revisões, plantões, podcasts e aulas.

Simulados, revisões e correções

Foram realizados três simulados com questões inéditas elaboradas pelos articuladores do Pré-Universitário com o objetivo de ajudar os alunos a aprimorarem os estudos para a prova. Antes de cada um desses testes, os articuladores realizaram uma semana de revisões baseadas nos cadernos de estudo pelo canal do Youtube da Educação Sergipe e Tv Alese (canal 5.2).  Após o período de realização dos simulados, também houve dois dias de correções nas duas plataformas.

A Rede Estadual de Ensino de Sergipe já apresentava a maior Revisão Final para o Enem do Brasil, e com as ações deste ano conquistou a primeira revisão multiplataforma e o primeiro simulado comentado.Os alunos sem acesso à internet também puderam participar. As instituições escolares disponibilizaram os simulados de forma impressa.

Ações finais

Para os momentos finais antes da prova, o Pré-Universitário preparou oficinas de redação para todos os polos do programa. Nos dias 4, 6 e 8 de janeiro de 2021 também acontecerão os aulões de atualidades, e para finalizar o ciclo de atividades de 2020, entre os dias 13 e 22 de janeiro ocorrerá a Revisão Final para o Enem. Ambas as atividades serão transmitidas no canal do Youtube da Educação Sergipe e na TV Alese (canal 5.2).

“Nesse contexto nunca vivenciado por nós, as palavras que definem a Equipe Pré-Uni são: superação, força, união, persistência e confiança. Estamos confiantes no trabalho que foi realizado. Reinventamo-nos para que os nossos estudantes tivessem acesso a todos os conteúdos com a qualidade que o programa sempre ofereceu, só que de forma remota, como o cenário atual pediu”, concluiu Pádua.

No polo Djenal Tavares de Queiroz, em Aracaju, os alunos retomaram as aulas no dia 17 de novembro, momento em que a equipe do Preuni fez um acolhimento, com uma conversa entre os professores e os estudantes sobre o retorno das aulas, reforçando a importância de continuarem firmes nos estudos.

As aulas do polo agora estão em ritmo de revisão para o Enem, e os alunos continuam também tendo acesso às aulas online, por meio do canal do YouTube Educação Sergipe e da plataforma Google Classrom. O professor de Filosofia, Max Erb, acha que, tendo garantidos todos os elementos de segurança dos alunos e professores, a aula presencial é bem mais interessante. “Para os estudantes que não têm um acesso tão bom à internet ou para aqueles que não rendem muito nas aulas remotas, a aula presencial é importante, pois é muito melhor para eles tirarem as dúvidas. Nosso foco agora são as aulas e revisões até a hora do Enem”, declarou.

A aluna Anaize da Anunciação ainda não sabe para qual curso fará o Enem, mas não deixa de se preparar. “Para tirar as dúvidas de maneira online era muito complicado. Então, estando todos aqui, fica muito melhor para a gente poder revisar os assuntos e pegar dicas com os professores”, afirmou no retorno das aulas presenciais.

Roger Alexandre Cardoso, que pensa em fazer o curso de Psicologia, disse que a rotina diária presencial é importante para a aprendizagem. “Temos um cronograma, e os professores nos orientam quanto aos assuntos que devemos estudar. Ainda estamos em uma pandemia, então é importante saber que aqui na escola estamos tendo todos os cuidados para evitarmos uma contaminação, e assim, podermos estudar tranquilos e confiantes”, declarou.

Fonte e foto assessoria