05/01/21 - 14:37:36

PMA alerta sobre cuidados com alimentos e comércio de ambulantes no verão

O cuidado com a alimentação deve ser mantido ao longo do ano, mas, no verão, a atenção precisa ser redobrada devido às altas temperaturas que podem ocasionar uma maior proliferação de fungos e bactérias nos alimentos. Nesse sentido, a Secretaria Municipal da Saúde de Aracaju reforça o alerta sobre a importância da adoção de cuidados específicos durante o preparo e condicionamento desses produtos nessa época do ano, principalmente em ambientes externos, a exemplo de bares, restaurantes, quiosques e com vendedores ambulantes.

A nutricionista e referência técnica da SMS, Vanessa Barreto, sugere que dentro e fora de casa as pessoas optem por uma alimentação mais leve e natural possível, aumentando a ingestão de frutas, legumes e verduras nas refeições.

“Esses são alimentos com baixa caloria e ricos em vitaminas e minerais. No verão, por conta do calor, quanto mais os alimentos forem refrescantes, melhor. Então, quando estiver na praia, deve-se evitar o consumo de alguns lanches muito calóricos, a exemplo de salgados e frituras. Uma ótima opção para essas ocasiões é levar lanches práticos, como castanha ou outras oleaginosas, ou ainda trocar o consumo de refrigerante por sucos naturais”, orienta Vanessa.

A nutricionista ressalta ainda que, com a alta na temperatura corporal e o aumento da transpiração, a perda de líquidos precisa ser reposta com muita hidratação. “Por isso a necessidade de aumentar a ingestão de água e manter o corpo sempre hidratado. Deve-se investir em opções como água de coco, chás gelado e sucos naturais. Também deve-se diminuir o consumo de alimentos ricos em sódio, principalmente os industrializados, pois o consumo excessivo ocasiona aumento da pressão arterial e retenção de líquidos”, frisa.

Comércio de alimentos e Vigilância Sanitária

Quando não se é possível preparar os alimentos para o passeio na praia ou algum lazer fora de casa, é importante ficar atento ao manuseio de alimentos comprados em restaurantes ou vendedores ambulantes.

“Antes mesmo da pandemia, para o comércio de alimentos já era preconizado pela legislação a utilização de máscara e a higienização das mãos. Principalmente quando se vai à praia, onde vemos um grande comércio de ambulantes, é importante estar atento ao consumo desses produtos”, salientou a gerente de alimentos da Secretaria da Saúde de Aracaju, Laila Garcia Moreno.

Ainda de acordo com Laila, para esse tipo de comercialização os alimentos devem ser condicionados numa temperatura mais baixa, ou ainda numa caixa térmica, para garantir a qualidade do produto. “É importante evitar consumir alimentos expostos ao sol e estar atento a aparência do produto e a forma de manuseio do comerciante. Na ação de fiscalização, sempre solicitamos que o comerciante apresente o certificado de boas práticas e de manipulação de alimentos”, destaca.

A gerente afirma que ao longo de todo o ano, esse trabalho de orientação e fiscalização é realizado pela Rede de Vigilância Sanitária (Revisa), em todas as regiões da capital, e nessa época, as ações são intensificadas por conta da estação e do aumento no número de denúncias, principalmente na área das praias e em pontos de venda de água de coco.

Para denunciar casos de comércio de alimentos que descumprem as normas sanitárias em vigor, basta entrar em contato com a Ouvidoria da Saúde, através do número 0800 729-3534, opção 7.

Informações e foto ascom