12/01/21 - 15:37:35

MORADORES E COMERCIANTES PREOCUPADOS COM MUDANÇA NO TRÂNSITO EM RODOVIAS

A notícia veiculada de que a partir do próximo domingo (17), a avenida Inácio Barbosa, antiga rodovia José Sarney, vai passar a ser mão única aos domingos e feriados, causou estranheza e preocupação aos moradores do Povoado Robalo, na Zona de Expansão Urbana de Aracaju.

Segundo o secretário de turismo do estado de Sergipe, Sales Neto, a mudança foi adotada pelo Governo do Estado para evitar os engarrafamentos na rodovia.

O presidente da Associação Desportiva, Cultural e Ambiental do Robalo (ADCAR), José Firmo, afirma que a medida causa preocupação porque nos dias e horários em que o trânsito na Rodovia José Sarney estiver em sentido único, o sentido contrário será deslocado para a Rodovia dos Náufragos, que atravessa a parte interna da comunidade.

Segundo Firmo, se antes da medida o tráfego de veículos na rodovia dos Náufragos já vem causando transtornos e acidentes com moradores, com essa mudança, as dificuldades para os moradores serão bem maiores.

“A rodovia dos Náufragos já matou e já mutilou muitos moradores daqui. Essa mudança vai fazer com que todo o trânsito sentido Sul/Norte seja deslocado para dentro do povoado. Dia de domingo, muitos condutores bêbados, pode ser motivo para mais atropelamentos aqui.”, afirma

Outra preocupação dos moradores está relacionada ao sistema de transporte coletivo. Nos dias e horários em que trânsito estiver em mão única, os ônibus coletivos só trafegarão em um sentido. Para os moradores dos povoados Robalo, São José e Areia Branca o tempo de viagem no sentido Centro/povoados pode dobrar e, em alguns casos, até triplicar.

A estranheza dos moradores sobre as medidas é que nem o Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRv) e nem o Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária (DER), autoridades com jurisdição sobre o trânsito na esfera estadual mantiveram contato com eles para discutir ou mesmo para informar sobre as mudança.

“Certamente o DER e o BPRv devem ter estudos que demonstrem os pontos positivos e os pontos negativos dessa mudança. Como a mudança mexe substancialmente na vida desses povoados, nada mais prudente que nós, como parte interessada, fôssemos, pelo menos, avisados com antecedência.”

José Firmo cita outro problema que vai impactar negativamente na vida dos moradores. Ao longo da rodovia dos Náufragos o comércio é muito forte, sendo o domingo e os feriados os dias em que os comerciantes, artesãos e vendedores ambulantes mais vendem. Com o trânsito sendo todo pela avenida Inácio Barbosa, as vendas devem cair em mais de 70% para quase todos os comerciantes, o que pode aprofundar a crise social.

“Dezenas ou até mais de uma centena de famílias vivem deste comércio. Sem os fregueses, que são os motoristas, muita gente vai ficar sem a renda do dia que mais vende. Tem família que só vende aos domingos. Como vai ficar? Será o governo pensou nisso?”, questiona.

A direção da ADCAR diz que esperava do Governo de Sergipe a inclusão da Rodovia dos Náufragos no programa de recuperação das rodovias estaduais, pois eles vêm passando por sérios transtornos nos períodos chuvosos. No início do ano passado os moradores foram em comissão à secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (SEDURBS), solicitar as melhorias na via, oportunidade em que foram recebidos e foi protocolado o requerimento.

Ainda nesta semana a direção da ADCAR vai procurar as autoridades estaduais para tentar reverter ou adiar as mudanças até que os moradores possam se apoderar e absorver as medidas.

Por José Firmo

Presidente da ADCAR