12/01/21 - 14:56:44

PMA MANTÉM EQUIPES EM ATENÇÃO PARA INSTABILIDADE E PREVISÃO DE CHUVA

Nos primeiros dias de janeiro de 2021 já choveu mais do que o acumulado registrado no mesmo mês do ano passado, em Aracaju. Somente na manhã desta terça-feira, 12, foi registrado um volume de 13 milímetros de chuva, totalizando um acumulado, no mês, de 27 milímetros. Para o restante desta semana, o tempo estará instável, mas sem probabilidade de chuva intensa.

Atenta às eventualidades típicas do verão, a Prefeitura de Aracaju mantém suas equipes em monitoramento para evitar transtornos à população. No entanto, ressalta o coordenador da Defesa Civil de Aracaju, major Silvio Prado, a previsão apontada pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) é de que ainda ocorra precipitações nesta terça, sem previsão de chuva para os dias seguintes.

“A chuva que começou a cair nesta terça foi bem distribuída e de pouca intensidade. Não houve chamados para a Defesa Civil, mas seguimos atentos e monitorando, caso haja qualquer tipo de mudança que demande maior mobilização das equipes. A previsão era que choveria cinco milímetros, hoje, mas registramos mais que o dobro disto. A probabilidade é que permaneça a chuva fraca e espaçada durante toda esta terça. Amanhã, pode ocorrer chuva pela manhã, e na quinta não há chance de chuva, assim como na sexta. Já no sábado, é possível que chova, de maneira fraca, somente pela manhã”, afirma o coordenador da Defesa Civil.

Segundo Silvio Prado, nas primeiras 12 horas desta terça, a chuva ficou concentrada na zona Sul da cidade, mais precisamente nos bairros Atalaia e Jardins. “Janeiro é o mês que menos chove, em Aracaju. As poucas ocorrências são comuns à estação do ano: chuvas distribuídas, moderadas e de curto tempo. Porém, isso não nos faz relaxar. É preciso estar sempre atento porque, assim como hoje choveu mais do que o previsto, outras surpresas podem ocorrer e demandar maior atenção. Caso haja necessidade, em qualquer situação de risco, a população pode entrar em contato através do número 199”, explica.

Foto André Moreira