14/01/21 - 06:48:50

Centro de Controle de Zoonose de Aracaju castrou cerca de 1,7 mil animais em 2020

Ofertado de forma gratuita pela Prefeitura de Aracaju, por intermédio do Centro de Controle de Zoonose (CCZ), o serviço de castração de animais (cães e gatos) realizou cerca de 1,7 mil procedimentos em 2020. A medida faz parte de uma política pública para evitar o aumento de animais em situação de rua.

O projeto funciona desde 2017, quando a Secretaria Municipal da Saúde iniciou o cadastramento dos tutores cujos animais passariam pelas cirurgias e avaliações com veterinários. Já as cirurgias começaram a acontecer em março de 2018, por meio do Castramóvel.

Contudo, desde janeiro de 2020 que o Castramóvel, antes itinerante, passou a concentrar suas atividades na sede do CCZ, na avenida Dr. Carlos Rodrigues da Cruz, 1081, bairro Capucho, zona Oeste da capital. E essa medida ampliou, consideravelmente, o número de animais levados para serem castrados, oriundos de diversos bairros da cidade.

Documentação

De acordo com a médica veterinária responsável pelo Castramóvel, Cintia Freire, para que seja realizado o procedimento cirúrgico, os tutores dos animais precisam se dirigir ao CCZ, em datas divulgadas, antecipadamente, pelo CCZ, munido de cópias de comprovantes de residência (somente com endereço de Aracaju), de renda de até 1,5 salário mínimo, além de documento oficial com foto e de número de telefone ativo. “Sem essas documentações, o cadastro não é efetivado”, alerta.

Atenção aos chamamentos

Cintia Freire acredita que, em 2020, o número de castração poderia ter sido maior se os tutores dos animais ficassem mais atentos aos chamamentos.

“Muita gente confirma a cirurgia ou consulta e no dia marcado não aparece com os animais, e isso faz com que outros animais deixem de ser atendidos. Nós ligamos para esses tutores para avisar, porém, muita gente deixa de atender as nossas ligações por algum motivo”, conta a coordenadora.

Cíntia revela ainda que, quando os tutores não atendem as ligações para serem avisados sobre os procedimentos cirúrgicos, as fichas preenchidas anteriormente ficam inativadas, ou seja, os animais não serão castrados.

“É curioso que, ao longo do ano, recebemos muitas ligações de gente cobrando esse contato, dizendo que a gente nunca liga. Hoje, tenho uma lista com cerca de 170 cadastros ou pessoas que fizeram cadastro com um ou mais animais, que não conseguimos contato ou não conseguimos comprovar todas as documentações, além das pessoas que faltam”, reitera.

A coordenadora reforça ainda que o projeto é importante e visa diminuir o número de animais que vivem em situação de rua. “A partir da castração, fazemos o controle populacional e isso diminui a quantidade de animais que possam vir a ser abandonados”.

O que é a Castração?

A castração é em uma cirurgia feita em cães e gatos, fêmeas e machos, para impedir que se reproduzam sem controle. Consiste na retirada do útero, trompas e ovários, no caso das fêmeas. Nos machos, na retirada dos testículos.

A cirurgia, feita com anestesia geral, é simples mas deve ser executada apenas por veterinários devidamente habilitados. Em torno de uma semana o animal estará totalmente recuperado. A castração pode ser feita a partir dos quatro meses de idade.

Foto Sérgio Silva