24/01/21 - 21:43:19

Zeca da Silva diz que Rômulo almeja que candidatura ao Governo do PT seja apoiada pelo grupo que reelegeu Edvaldo

As declarações de Rômulo Rodrigues (PT), publicadas no Faxaju Online, na sexta-feira (22) aqueceram os debates sobre a disputa das eleições majoritárias de 2022, no final de semana. O petista mencionou a indisposição de montar chapa com PL e PSC, na disputa pela vaga ao Governo do Estado, neste primeiro momento, contudo deixou a porta aberta para futuras negociações com o time vencedor do pleito na capital, em 2020 (do qual o PT não fez parte).

A dedução é do ex-deputado estadual Zeca da Silva, secretário geral do PSL em Sergipe e peça chave na articulação política do PSC, que acrescenta|: “Apesar da indefinição do raciocínio de Rômulo sobre o que ele acredita ser melhor para o futuro do PT: a formação de alianças, caso lance candidatura ao Governo Estadual?

Zeca da Silva arrisca um palpite, “todos sabem que, caso o PT tenha candidato a governador, o nome mais provável é o do senador Rogério Carvalho. Pela fala de Rômulo, fica claro que o PT almeja que essa possível candidatura seja apoiada pelo grupo que reelegeu o prefeito Edvaldo Nogueira, do qual Belivaldo fez parte. Por outro lado, fica parecendo que, caso a união não aconteça junto a Belivaldo e Edvaldo, o PT mais uma vez lançará uma “aliança crítica”, como ocorreu na eleição aracajuana, no ano passado.”

Zeca vê precipitação nas declarações de Rômulo: “Para falar a verdade, se essa é uma análise isolada de Rômulo ou se trata de um sentimento que permeia o petismo sergipano, de um jeito ou de outro, estão querendo adiantar as coisas, num momento em que precisamos focar apenas em um tema, a pandemia, que está assolando o país e o estado. Agora é hora de falar em vacina e salvar vidas“, diz.

Questionado sobre a existência de conversas em andamento entre os partidos, Zeca rebate, “Ainda está cedo para o PSC, o PSL e qualquer outro partido construir um entendimento a esse nível, mas nada está descartado. Fato é que estamos iniciando o projeto com o PSL, agregando lideranças e pensando em fortalecer os partidos para o próximo pleito.”