28/01/21 - 00:43:51

O PT não cabe mais na aliança

Diógenes Braynerdiogenesbrayner@gmail.com

As apostas estão abertas sobre a permanência pacata do PT na base aliada, depois da dissidência exposta com candidatura própria à Prefeitura de Aracaju. A disputa eleitoral entre membros de um mesmo bloco deixou marcas profundas em segmentos importantes do grupo. A convivência não será a mesma, porque não há confiança. O clima é ameno, normal, sem cobranças, mas o tratamento é à meia distância, embora haja segmentos dentro do PT e de partidos que mantiveram a coligação que conversam sem problemas.

Mas a página ainda não foi virada. Alguns petistas se mantêm arredios, principalmente ao PDT, do prefeito Edvaldo Nogueira, e filiados de legendas que estiveram com o prefeito até o final do pleito não se aproximam. Criou-se uma barreira e dividiu quase ao meio. O presidente regional do PT, deputado federal João Daniel, sempre manteve um bom relacionamento com o governador Belivaldo Chagas e se põe sob sua liderança política. O senador Rogério Carvalho (PT) usa da habilidade e tenta a unidade, para que estejam juntos em 2022, que é outra eleição. Admite que não se deva

alimentar birras, para o bem do projeto político definido há alguns anos, mas que já sofreu tropeços.

O nome de Rogério Carvalho aparece naturalmente como candidato a governador. Mas deixa claro que só o será com apoio e indicação do governador Belivaldo Chagas (PSD). De qualquer forma é uma situação complicada, porque os demais pretensos candidatos do grupo são filiados exatamente a partidos que tiveram na luta para reeleger Edvaldo Nogueira. Mesmo que não se perceba atritos mais fortes, a situação está mais para “sorrisos amarelos” que para abraços afetuosos.

Claro que isso iria acontecer, porque não é fácil, em pouco mais de um mês, tudo voltar à normalidade depois de discursos que atingiram fortemente a toda uma estrutura, para que hoje todos se unam na mais perfeita harmonia política. Há uma disputa pela frente que divide até partidos que mexiam a mesma feijoada e a posição de Belivaldo Chagas é muito difícil nesse momento, porque vai decidir depois de conversa longa, com muita habilidade, fino trato e, acima de tudo, evitar que haja uma convulsão. Afinal ele é o líder que deve encontrar a melhor forma para uma unidade perene.

Sem excesso e sentindo o clima, dificilmente o nome de Rogério será indicado para disputar o Governo, sem que haja uma reação e até se promova uma nova ruptura. Nada por causa do senador, que é um dos melhores nomes para a sucessão, mas pelo PT, que, decididamente, não cabe mais no bloco de alianças. É a visão mais sensata…

Sem ponto facultativo

Provavelmente na quinta-feira, durante reunião do Comitê Técnico e Científico, o governador Belivaldo Chagas decida sobre conceder ou não ponto facultativo no período de Carnaval.

*** Em Salvador, o governador Rui Costa não dará ponto facultativo para o Carnaval, a mesma coisa foi decido pelo Governo de Alagoas.

Abre quinto semestre

Terça-feira serão iniciados os trabalhos do quinto semestre da Assembleia Legislativa, com a posse da Diretoria e a leitura da mensagem do Governo.

*** A solenidade será por vídeo conferência e presencial, para deputados e autoridades convidadas.

Consulta bem prévia

O senador Rogério Carvalho (PT) teria perguntado a um aliado muito próximo se determinado prefeito votaria nele a governador ou no indicado de Belivaldo Chagas.

*** A informação que setores do PT passa é que o senador Rogério Carvalho não conversa sobre sucessão estadual.

*** E mais: ele continua no grupo liderado pelo governador e que não vê nenhuma possibilidade de ruptura. O tempo dirá…

Reunião com prefeitos

O senador Alessandro Vieira (Cidadania), ao lado de deputados estaduais do partido, está visitando cidades do interior e ontem se reuniu com prefeitos do agreste, em Itabaiana.

*** Trataram sobre problemas dos municípios e ouviram suas reivindicações.

*** Alessandro esteve, ainda no encontro, com o ex-prefeito Valmir de Francisquinho (PL) e exaltou o seu trabalho.

Fala sobre Francisquinho

Alessandro Vieira referiu-se ao ex-prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho (PL), e rasgou elogios, ao dizer que ele mudou a perspectiva do prefeito do interior de Sergipe.

*** E mais: “A gente tem de reconhecer um trabalho que ficou marcado. Todo mundo viu como Itabaiana mudou e como um gestão tão bem feita e cuidadosa muda à vida das pessoas”.

*** – É isso que quero para todo Sergipe, concluiu.

Disputa o Governo?

Circula na oposição que o senador Alessandro Vieira pretende disputar o Governo, embora ele não confirme. E como o Cidadania aliou-se ao PL na disputa pela Prefeitura de Aracaju, essa conversa pode ser uma sinalização.

*** Um aliado de Valmir de Francisquinho diz que ele está em absoluto silêncio sobre eleições de 2022, embora converse naturalmente com quem o procura.

D. Maria e a reeleição

O presidente nacional do DEM, ACM Neto, é quem mais defende que a senadora Maria do Carmo dispute à reeleição ao Senado.

*** Ao jornalista Jozailto Lima, D. Maria nega a intenção de disputar a reeleição e diz: “Não estou doida. Ainda”.

*** A senadora mantém sua movimentação política. Hoje ela vai participar de reunião com prefeitos da região Sul, em Itabaianinha.

Seria bom federal

Um deputado estadual sugeriu ontem que André Moura (PSC) fosse candidato a deputado federal: “ele se elegeria com facilidade e poderia levar outro”, disse.

*** Segundo o parlamentar, “com o trabalho que André realizou quando esteve em Brasília, liberando verbas para todos os municípios, certamente será o mais votado”.

Sobre mais votado

Aliados do deputado André Moura garantem que ele não disputará a Câmara Federal. Quer o Governo e Senado para as eleições de 2022.

*** Falam que aliados ao Governo estão dizendo que ele é o candidato mais votado, porque querem dissuadi-lo da disputa majoritária.

Grupo traça Plano B

Um grupo político que reúne alguns prefeitos e empresários animou-se com provável chapa de oposição com Rogério Carvalho, Valmir de Francisquinho e André Moura.

*** Mas sentiu que o PT tem demonstrado interesse em ficar na base aliada. Assim estão imaginando um “plano B”: André Moura a governador.

Isolamento do senador

Nos bastidores do bloco que esteve na oposição às eleições municipais de 2022, há conversas de que o senador Alessandro Vieira (Cidadania) ficará isolado.

*** O empresário Milton Andrade pode topar filiar-se ao PSDB e o comentário é que a delegada Danielle Garcia também pensa em trocar de legenda.

*** O pessoal admite que Alessandro percebeu essa movimentação e está tentando flexionar na sua rispidez.

Já com problema

Um prefeito de cidade na região centro sul já está com sério problema no início de sua administração. Não está satisfeito com um dos auxiliares deixado por seu antecessor.

*** Dois problemas: o secretário informa tudo para o ex-prefeito e só obedece as ordens do ex-chefe. Se houver demissão há rompimento.

Uma boa conversa

Bolsonaro xinga – Bolsonaro sobre compra de leite condensado: ‘Enfiar no rabo da imprensa’ O presidente também defendeu a compra de chicletes e voltou a xingou a imprensa: ‘vá pra puta que o pariu’

Carla Zambelli – “Se acha que o Exército está comendo muito bem e você não, aliste-se. Sirva a sua pátria e coma bem no Exército”.

Segundo Veja – Adversários já admitem a provável vitória de Arthur Lira (PP), para presidente da Câmara Federal.

Duda Rangel – Se o inferno realmente existe, deve ser uma churrascaria em Brasília cheia de homem aplaudindo o Bozo.

Portal Terra – Eduardo Bolsonaro defende compra milionária de leite condensado pelo governo federal.

Uol Notícias – Fomos além do que somos obrigados a fazer’, diz Bolsonaro sobre falta de oxigênio em Manaus.

Vitor Santos – Desde que assumiu o cargo, Bolsonaro construiu um ambiente de hostilidade diário contra a imprensa.

Agência Brasil – A Anvisa_oficial inspeciona empresa parceira na produção da vacina Sputnik V, desenvolvida na Rússia.

Revista Ford – David Almeida (Avante) é acusado de favorecer pessoas que não pertencem ao grupo prioritário da vacinação e, mesmo assim, receberam a dose.