02/02/21 - 17:59:55

PT “ajuda” duas vezes e Bolsonaro faz “barba, cabelo e bigode” no Congresso

Se a política (ciência) é cheia de “subjetividades”, o posicionamento de um político deve ser muito claro, jamais pode ser “tergiverso”. Se no futebol, os comentaristas costumam usar a expressão “a bola pune”, na política um voto dado ou uma posição anunciada entram para a história e, geralmente, perseguem como um “carma”, como um fardo pesado difícil de ser carregado, mas que obrigatoriamente, é preciso que passe a ser suportado. Toda ação, tem uma reação…

Em meio à pandemia do novo coronavírus (COVID-19), após o término do auxílio emergencial, diante dos desgastes (e usos políticos) das vacinas, do “leite condensado” e dos excessos de parte da “grande mídia”, esperava-se um cenário com o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), extremamente fragilizado e recolhido. Atacado com acidez pela oposição, seja pelos partidos de Esquerda, seja por setores da “Direita”, liderados por Rodrigo Maia (DEM) e João Dória (PSDB).

Os adversários entraram em 2021 apostando em uma espécie de “decadência” de Jair Bolsonaro, chegando a incentivar um processo de impeachment (mesmo sem crime de responsabilidade) e até manifestações de alguns segmentos. Até a FORD passou a ser “pauta” para buscar fragilizar o governo. Politicamente havia uma expectativa por um cenário difícil no Senado e uma possível derrota na Câmara dos Deputados. Todo o “enredo” estava escrito…

Mas, nessa segunda-feira (1º), Bolsonaro ratificou um comentário feito por este colunista, dia desses, sob o título que ele “deveria fazer barba e cabelo” nas duas Casas Legislativas. Não deu outra: os candidatos governistas venceram de forma acachapante, seja com Rodrigo Pacheco (DEM/MG) no Senado Federal, seja com Arthur Lira (PP/AL) na Câmara dos Deputados; o primeiro teve quase o triplo de votos de sua opositora; o segundo mais do que dobrou o principal nome da oposição…

E por mais que alguns setores da imprensa, que sequer cogitavam uma vitória governista, agora tentem desvirtuar a relação do presidente com seus aliados políticos, a grande verdade é que Bolsonaro venceu sim, “fez barba e cabelo”, mas não foi só isso: deixou os críticos “barulhentos” em silêncio, e ainda contou com duas “ajudas” do Partido dos Trabalhadores: na primeira, e pública, os petistas liderados por Rogério Carvalho ajudaram a eleger o democrata Rodrigo Pacheco, e depois foram comemorar juntos…

Na segunda “entregada” do PT, a legenda perdeu o prazo para o registro do bloco do então candidato Baleia Rossi (MDB/SP), mas ainda assim o ex-presidente Rodrigo Maia (DEM/RJ) acatou o registro. Em seu primeiro ato, após eleito, Arthur Lira tornou nulo o registro, o que deve afastar a oposição de espaços privilegiados na Mesa. Um “banho” de regimento que Bolsonaro e seus aliados deram. O presidente fez sim “barba, cabelo e bigode”, e o melhor para ele: com a “participação direta” do PT. É do jogo…

Veja essa!

Lembram das denúncias feitas por este colunista sobre a Fundação Renascer e alguns de seus contratos? Pois o governo do Estado, através da Secretaria de Transparência e Controle, acaba de publicar em Diário Oficial uma portaria para execução de serviços.

E essa!

O secretário Alexandre Figueiredo constituiu uma equipe para fazer uma auditoria e fiscalizar os contratos da Fundação Renascer, inclusive “com verificações in loco”, caso seja necessário. A equipe poderá requerer documentos e informações que julgar necessários, por um prazo de 30 dias, podendo ser prorrogado, se necessário. De parabéns o governo do Estado pela iniciativa, porque quem não deve, não mente, não treme e nem teme…

Chama o Samu!

Este colunista, preocupado com o desaparecimento da superintendente do SAMU, por uns 60 dias, aproximadamente, chegou a fazer um chamado neste espaço. Felizmente ela foi localizada, ainda bem e em tempo de ser exonerada. O bombeiro militar e enfermeiro Denisson Pereira é o novo superintendente do Samu Sergipe. Ufa! Chega de susto!

Sem distanciamento

Coligada do Banese, a SEAC (BANESE CARD) suspendeu o sistema de rodízio que vinha fazendo com seus funcionários e determinou a volta de todos aos postos de trabalho. O problema é que a pandemia persiste e por lá não há o mínimo de distanciamento social. É “abrir crédito” com a COVID! Vôte! Galeguinho, galeguinho…

Falando nele!

Na próxima edição este colunista vai comentar a volta dos trabalhos legislativos da Assembleia e Câmara Municipal e, principalmente, o anúncio do governador de pagar os salários dos servidores públicos, ativos e inativos, dentro do mês já a partir de fevereiro. Se não é muito, ao menos o “galeguinho” atende sim a um pleito antigo do funcionalismo.

Olha a água!

Os deputados estaduais Kitty Lima, Georgeo Passos e Doutor Samuel (todos do Cidadania) foram recebidos, na manhã dessa segunda-feira (1º), em audiência pelo presidente da DESO (Companhia de Saneamento de Sergipe), Carlos Melo, quando aproveitaram para tratar de algumas demandas que devem ser tratadas já na retomada dos trabalhos legislativos, com o fim do recesso parlamentar, a partir desta terça-feira (2).

Adutora do Alto Sertão

Um dos temas discutidos na reunião foi sobre a falta de água em alguns municípios do interior sergipano. O deputado estadual Georgeo Passos, por exemplo, fez alguns requerimentos ao presidente da DESO sobre a ampliação do sistema da adutora do Alto Sertão. “Uma das minhas prioridades vai ser buscar a resolução do problema da falta de água em Ribeirópolis, São Miguel do Aleixo e Moita Bonita”.

Georgeo Passos

Georgeo explica ainda que na reunião com o presidente da DESO também se tratou dos problemas recorrentes que estão ocorrendo na região do bairro Aeroporto, em Aracaju. “Essa foi uma solicitação do amigo e ex-vereador Cabo Didi que nos acompanhou. Trouxemos muitas questões que precisavam ser tratadas com o presidente da DESO. Agora é dar encaminhamento a tudo o que foi tratado”.

Kitty Lima

A deputada Kitty Lima, por sua vez, trouxe demandas sobre problemas no abastecimento de diversas cidades do interior do Estado. “Temos problemas em Carira, mas também em Nossa Senhora das Dores, Frei Paulo, Nossa Senhora do Socorro e da própria Aracaju. Todas as demandas que a gente vem recebendo neste sentido foram tratadas hoje”.

Samuel Carvalho

Já o deputado estadual Samuel Carvalho explicou que aproveitou a audiência para expor a necessidade da construção de um reservatório de água na região do município de Divina Pastora. “Estivemos na cidade, recentemente, e percebemos que havia esta demanda. Essa questão do desabastecimento é sério e diversas cidades estão sofrendo”.

Bomba!

Depois de recuar do projeto de vereador em Aracaju, Jorginho Araújo (PSD) agora trabalha para ser candidato a deputado estadual pelo partido em 2022. E teria como “padrinho” o presidente da Câmara Municipal, vereador Josenito Vitale (PSD). Lideranças do interior já estaria sendo contatadas por ambos já de olho no próximo pleito.

Posse I

Nesta quarta-feira (3), ocorrerá a solenidade virtual de posse da nova diretoria da Academia de Letras de Aracaju para o triênio 2021/2023. Na nova gestão, permanece o acadêmico Francisco Diemerson como presidente da Casa, acompanhado da nova Vice-Presidente, acadêmica Carolina Naturesa, do novo Secretário-Geral, acadêmico Ricardo Nascimento Abreu e da acadêmica Jane Guimarães, reconduzida para o cargo de Diretora Financeira.

Posse II

No conselho fiscal, assume os acadêmicos Antônio Porfírio de Matos Neto, Ana Maria Leal Cardoso e Sandra Maria Natividade. A Academia de Letras de Aracaju foi fundada em abril de 2015 e tem desenvolvido uma série de atividades culturais na capital, como conferências temáticas, seminários, divulgação de obras de autores sergipanos, lives e premiações em diversas áreas. A solenidade de posse ocorrerá às 19h, e será presidida pelo acadêmico Lindolfo Amaral, representando os decanos do Sodalício.

Reitor da UFS I

Parece que a novela “eleições para Reitor na UFS” está perto de um fim. A Advocacia-Geral da União (AGU), por meio da Advogada da União Emanoele Vanessa Cortes Ribeiro, responsável pela Coordenação-Geral para Assuntos Contenciosos da AGU, afirmou não ter havido qualquer tipo de ilegalidade/irregularidade no processo de composição da lista tríplice para os cargos de Reitor e Vice-Reitor da Universidade Federal de Sergipe (UFS), que fora encaminhada ao Ministério da Educação em setembro de 2020.

Reitor da UFS II

No despacho, a Advogada da União citou a decisão da Corte Suprema, de que é inconstitucional eleição direta, através da participação da comunidade escolar, para a escolha de diretor de instituições públicas de ensino, ou seja, avisou, a quem interessar possa, que são inválidas as ações judiciais impetradas pelos sindicatos ligados à UFS alegando que a gestão da universidade, à época do processo de formação da lista tríplice, agiu de má fé. As afirmações da AGU foram provocadas por questionamentos feitos pelo MPF em SE.

Reitor da UFS III

Em uma das manifestações do MPF/SE houve a solicitação de que o governo se abstenha de nomear para os cargos de Reitor e Vice-Reitor da UFS nomes fora da lista tríplice encaminhada ao Ministério da Educação, uma vez que o MPF, após investigações, reconheceu a legalidade do processo de formação da lista, o que também foi confirmado pela AGU após vasta análise da situação, inclusive, ouvindo a Secretaria Executiva do MEC, que desmentiu as informações publicadas, também, pela interventora da UFS, de que a lista tríplice enviada pela universidade havia sido devolvida.

Reitor da UFS IV

Agora, a pergunta que não quer calar é a seguinte: quando haverá a nomeação dos novos Reitor e Vice-Reitor da UFS? Quando a interventora, que desavisadamente informou aos “quatro cantos” que iria proceder ato ilegal convocando novas eleições, inclusive com a participação da comunidade, sairá da cadeira? A quem interessaria que a UFS ainda continue sob intervenção, manchando uma história de meio século a serviço do bem-estar e do desenvolvimento do estado de Sergipe?

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com