03/02/21 - 11:08:50

Belivaldo entra no “caminho certo”, mas governo precisa avançar muito mais

Este colunista faz cobranças ao governo do Estado, à instituição, mas também sabe reconhecer quando o Executivo acerta. É inegável que se faz uma avaliação positiva do anúncio feito pelo governador Belivaldo Chagas (PSD), durante a leitura da mensagem na abertura dos trabalhos legislativos do ano, de o Estado garantir o pagamento integral dos servidores públicos, ativos e inativos, dentro do mês, já a partir da folha de fevereiro. Salário é algo “sagrado” para o funcionalismo e realmente é complicado para um gestor ter que diferenciar quem ganha menos de quem ganha mais.

Aquele servidor público, ativo e inativo, que recebia a partir de determinado valor em rendimentos, teria que esperar mais 10 dias do mês subsequente. Nada contra quem recebe menos, e essa parcela merece sim ser reconhecida e valorizada, mas se a “fonte pagadora” era sempre a mesma, era no mínimo constrangedor o anúncio do Executivo sobre esta diferenciação. Por mais que este colunista compreenda as dificuldades financeiras pelas quais o Estado esteve submetido nos últimos anos, é “chato” você tratar “iguais” de uma forma tão “desigual”…

E o que pode não parecer muito, ou parecer quase nada, o pagamento dentro do mês trabalhado ou de direito, é livrar muitos aposentados e pensionistas, geralmente endividados, do drama de terem que esperar uma “eternidade” de mais 10 ou 12 dias para terem acesso aos seus rendimentos. Se Belivaldo não fez favor algum, ao menos ele já fez justiça! Pelo menos com essa parcela do funcionalismo. E por que não dizer que ele pegou a “direção certa” agora? A verdade precisa prevalecer sempre, agradando e/ou desagradando. É o jogo…

Para este colunista o governador entrou sim no “caminho certo”. O anúncio deu uma “levantada na sua bola”, ele ganhou espaços generosos em setores da imprensa e nas redes sociais. Aliás, Belivaldo já vem acertando desde o momento em que não “incorporou” o discurso da “militância” que o queria “enfronhado” em um Consórcio Nordeste – que não disse para que veio (leia “respiradores”), batendo de frente com o governo federal e o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O “galeguinho” foi na “contramão” e disse: “eu quero é investimentos, caba véio”!

Com a Esquerda gostando ou não, com setores da imprensa aprovando ou não, o governo de Sergipe só se sustentou, só manteve o equilíbrio de suas receitas e finanças, só pagou o 13º de 2020 no prazo, porque teve as contrapartidas do governo federal! E as consequências desta parceria hoje se consolidam ainda mais com o pagamento de todos os servidores dentro do mês e até a 1ª parcela do 13º. Mas tem também o “outro lado da moeda”: há muito por se fazer ainda! Os servidores “agonizam”, sonham e reivindicam melhorias salariais e condições de trabalho.

Não custa lembrar que o desconto previdenciário aumentou e isso também “incrementa” as receitas do Estado. Este colunista não vai “passar o pano” e o governo de Belivaldo Chagas ainda precisa avançar muito mais! Há muito por se fazer, há uma “dívida” com funcionalismo, mas há de se reconhecer o acerto. É por aí, galeguinho! Mas os servidores querem reajustes salariais, reposições das perdas inflacionárias e mais justiça social dentro do próprio governo. Se os avanços vierem, o reconhecimento virá sempre em seguida. Como também a cobrança. Se não resolve, ao menos, edifica…

Veja essa!

Entrevistado em seu gabinete, no início da tarde dessa terça-feira (2), pela reportagem da TV Sergipe (SE TV 1ª Edição), o presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Luciano Bispo (MDB), fez uma previsão dos trabalhos na Casa, após o retorno do recesso parlamentar. Para ele vários serão os assuntos a serem discutidos pelas bancadas de situação e de oposição, mas temas como a vacinação contra a COVID-19 e a retomada do setor econômico certamente terão mais prioridade.

E essa!

“Hoje nós tivemos uma sessão marcada pela leitura da mensagem feita pelo governador Belivaldo Chagas. A partir de amanhã (3), nós vamos retomar nossa rotina de discussões e votações na Casa. Vários são os assuntos que serão trazidos para as nossas pautas, mas temas como a vacinação contra a COVID-19 e a retomada do setor econômico certamente serão os mais discutidos. Eu acredito que teremos bons debates aqui na Alese”, aposta o presidente.

Gesto com a Alese

Ainda durante o SE TV 1ª Edição, Luciano Bispo reconheceu o esforço do governo do Estado em anunciar o pagamento integral dos servidores públicos, ativos e inativos, dentro do mês, já a partir da folha de fevereiro. “A meu ver o governador prestigiou a Assembleia Legislativa hoje. Nós queremos agradecer a Belivaldo que, por intermédio da leitura de sua mensagem para os deputados, ele deu a grande notícia para os servidores públicos que, já a partir de agora, colocará a folha de pagamento em dia”.

Luciano Bispo

“Não podemos deixar de reconhecer o esforço do governador e de sua equipe neste momento. Tenho que parabenizá-lo pela sensatez e coragem. Esse anúncio hoje foi muito louvável, ele foi muito feliz e provou que chegou para resolver”, acrescentou Luciano, enaltecendo também o papel fiscalizador da Assembleia Legislativa, mas ajudando sempre a garantir a governabilidade do Estado. Ele enxerga um momento positivo para a retomada do crescimento econômico, com a volta dos investimentos, no período de pós-pandemia.

Posse

Falando em Luciano, ele foi empossado para presidir a Alese no biênio 2021/2023. O deputado Francisco Gualberto (PT) será o vice-presidente da Casa; Jeferson Andrade (PSD) é o 1º secretário; Luciano Pimentel (PSB) o 2º secretário; Maísa Mitidieri (PSD) a terceira secretária; e Dr. Samuel Carvalho (Cidadania) o 4º secretário. A Casa tem 15 Comissões Temáticas permanentes, cujos membros serão definidos respeitando a proporcionalidade representativa de cada legenda no parlamento.

Mesa do TJ/SE

Também foi empossada a Mesa Diretora do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE). Assumiram a nova gestão os Desembargadores Edson Ulisses de Melo, Presidente; Ana Lúcia Freire de Almeida dos Anjos, Vice-Presidente; e Diógenes Barreto, Corregedor-Geral da Justiça. Pela primeira vez na história do Judiciário sergipano, a cerimônia foi realizada por videoconferência com o objetivo de manter o distanciamento social imposto pela pandemia do coronavírus.

Diógenes Barreto

“Sou, acima de tudo, um otimista. Minha pretensão é que façamos uma administração com êxito. Tivemos uma grande experiência ao enfrentar a pandemia, vencemos e vamos continuar superando as dificuldades”, declarou o novo Presidente do TJSE. Já o Corregedor-Geral da Justiça disse que pretende dar sequência ao trabalho dos colegas que o antecederam. “Vamos seguir à risca o planejamento estratégico do Tribunal. Uma das nossas metas é aperfeiçoar o controle da produtividade dos magistrados”, salientou o novo Corregedor, que ingressou no TJSE como Juiz em 1991 e foi promovido a Desembargador em 2016.

Edson Ulisses

Em seu discurso de posse, o Desembargador Edson Ulisses agradeceu a conduta do Desembargador Osório de Araújo Ramos Filho e fez elogios ao trabalho da gestão anterior. “Esperamos continuar com o mesmo afinco, objetivando êxito cada vez maior do Poder Judiciário sergipano, devendo destacar o comportamento atencioso e a presteza da equipe de transição nomeada pelo presidente Desembargador Osório de Araújo Ramos Filho, permitindo acesso a informações e a documentos necessários ao pleno conhecimento e à elaboração dos planos de governança da nova Mesa Diretora”, completou o Presidente do TJSE empossado.

Intervenção na Renascer I

Dando muito que falar o processo de intervenção do Governo do Estado fiscalizando todos os contratos da Fundação Renascer, na gestão do senhor presidente Wellington Mangueira. A Secretaria de Transparência e Controle, através do secretário Alexandre Figueiredo, constituiu uma equipe para fazer uma auditoria ampla por lá. A expectativa é que ninguém coloque uma “Ankora” sobre o assunto! São muitos os papéis e folhas para serem analisados…

Intervenção na Renascer II

Em recente entrevista, Wellington Mangueira anunciou que faria uma auditoria na Fundação. O governo se antecipou e fez o certo: para garantir total isenção, vai fazer ele mesmo (GOVERNO) a inspeção. Pelo histórico de homem público democrático, o mais prudente, neste período, seria Mangueira se afastar um pouco da Fundação, até para não criar nenhum constrangimento à equipe do secretário, no caso, por exemplo, de uma verificação in loco.

Exclusiva!

A promotora de Justiça Alessandra Pedral de Santana Suzart acatou uma reclamação formalizada pelo médico cardiologista Marcos Serra Silveira, relatando a sua preocupação com os rumos da vacinação contra a COVID-19 em Aracaju, designou uma audiência virtual com a Secretaria Municipal de Saúde da capital, para o próximo dia 8, a partir das 10 horas.

Cadê a vacina?

Na oportunidade serão tratadas questões como quais são os mecanismos para agilizar o processo de vacinação em Aracaju? Qual o percentual de vacinas aplicadas até o momento (cobertura vacinal)? Qual o planejamento da PMA para a vacinação de idosos (sistema drive thru e outros)? O médico “reclamante” e o MPE querem sugestões para uma maior eficiência, diminuindo os riscos de contágio para a população.

Bomba!

Falando nisso, o Sindicato dos Bancários de Sergipe (SEEB/SE) fez uma manifestação oficial no Ministério Público do Estado para a inclusão da categoria bancária no rol de grupo prioritário de vacinação. O promotor José Rony Silva Almeida oficializou a Secretaria de Estado da Saúde para que no prazo de cinco dias (a contar de 01/02) aponte uma solução ou justifique a impossibilidade de atender a demanda do SEEB/SE, com documentação comprobatória.

Austeridade

Apontada pela imprensa, com base em informação do Portal do Transparência,  como a que menos gastou verbas no exercício parlamentar,  a senadora Maria do Carmo Alves (DEM) disse que fez uso de forma austera e equilibrada. Ela contou que sempre considera as reais necessidades do seu mandato e economiza em itens que entende ser desnecessário em determinado momento.

 Maria do Carmo

Quanto ao não pagamento de divulgação das atividades parlamentares, ela explicou que todo esse trabalho é feito pela equipe do gabinete, da qual fazem parte profissionais qualificados e capacitados, inclusive da área de comunicação, responsável por municiar a imprensa sergipana sobre as suas ações e posicionamentos. .

Alô Oncologia!

O Hospital Universitário da Universidade Federal de Sergipe/HU-UFS conseguiu obter a habilitação do Ministério da Saúde e tornar-se referência em oncologia em Sergipe, passando a contar com uma Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia – Unacon. A conquista foi celebrada pela Associação Mulheres de Peito.

Mulheres de Peito

“Importante essa habilitação do HU-UFS para Sergipe, que passa a contar com mais um hospital apto para o tratamento oncológico. Renova a esperança de pacientes com câncer por um tratamento digno. Vale lembrar que essa foi uma luta que abraçamos, cobrando dos órgãos competentes essa liberação”, afirmou a presidente do Mulheres de Peito, Aline Souza.

Ângela Silva

De acordo com a superintendente do HU-UFS, Ângela Silva, a busca pela habilitação da oncologia começou em 2007, ano da primeira solicitação para os procedimentos cirúrgicos oncológicos. “A direção do HU-UFS chegou a ser questionada pela Controladoria Geral da União por realizar cirurgias oncológicas sem ter habilitação para isso”, detalhou.

Tudo suspenso

“Em 2020, com o início da pandemia de covid-19, o HU precisou suspender todos os procedimentos cirúrgicos, e a situação dos pacientes oncológicos que necessitavam de cirurgia ficou dramática. Mesmo assim, o Ministério Público Federal de Sergipe (MPF/SE) foi provocado por pacientes sobre a questão dessa suspensão. Não dá para traduzir em palavras o meu contentamento por essa grande vitória para a população de Sergipe”, complementou.

Zezinho Sobral I

Em ampla pauta pela região sul sergipana, o deputado estadual Zezinho Sobral (Pode) esteve na cidade de Estância para dialogar com a comunidade e identificar demandas. Acompanhado pelo vereador Evandro da Praia (Psol), Sobral conversou com moradores que apresentaram os problemas de algumas estradas locais, especialmente as de acesso à Praia do Abaís.

Zezinho Sobral II

O deputado e o vereador percorreram parte da rodovia SE 470 (rodovia Ayrton Senna), entre a BR 101 e a SE 100, entre o Povoado Nova Estância e o trecho de acesso à Praia do Abaís. “As máquinas estão na pista. As obras de reestruturação da SE 470 estão em andamento. Serão recuperados 19,30 km de extensão no acesso à Praia do Abaís. A obra faz parte do Pró-Rodovias, um dos eixos do programa de Recuperação Econômica do Governo do Estado (Avança Sergipe) e, depois de pronta, agregará valor à região litorânea de Estância”, comentou Zezinho Sobral.

Sheyla Galba I

A vereadora Sheyla Galba (Cidadania) visitou a Central de Abastecimento de Sergipe – Ceasa/SE, na região central de Aracaju. A parlamentar foi recepcionada pelo presidente do centro de compras, Wilson Nunes, e o gerente administrativo, Izair Santos, e reforçou que o seu mandato está à disposição para as demandas do local. Sheyla Galba também informou que em março a Carreta “Amigos do Peito” estará na Ceasa.

Sheyla Galba II

“Para disponibilizar exames de mamografia. Esse é o método mais eficiente de detecção câncer de mama, o tipo mais incidente nas mulheres depois do câncer de pele não melanoma. Será um momento muito importante para que as mulheres, guerreiras, trabalhadoras da Ceasa possam realizar este exame”, ressaltou Sheyla.

Gabinete aberto

Durante a visita, a vereadora aproveitou e circulou por toda a área e conversou com os comerciantes e demais trabalhadores que atuam no local, além de consumidores. “Fiquei muito feliz com a receptividade e demonstrações de confiança em nosso trabalho na Câmara Municipal. O nosso gabinete está aberto a todos os cidadãos para tratar de toda e qualquer demanda”, afirmou a vereadora.

Gabinete fechado

Os vereadores Ricardo Marques e Sheyla Galba estiveram na Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) e no Centro Administrativo da Prefeitura de Aracaju acompanhando os comerciantes que atuam no Terminal Fernando Sávio, no centro da cidade. Eles terão que deixar o local por conta da reforma da Rodoviária Velha e buscavam um posicionamento da PMA sobre a realocação e a garantia de retorno após a conclusão das obras.

Ricardo Marques

“Estamos acompanhando a situação desde que esses comerciantes receberam a notificação que teriam que deixar o local. Conseguimos com a ampliação do prazo inicial, que já venceu, mas a gestão municipal não apresentou resposta sobre a realocação destes trabalhadores”, detalhou Ricardo Marques.

Hoje sim? Hoje não!

Para discutir a situação, o presidente da Emsurb agendou uma reunião com os comerciantes, que convidaram os parlamentares para participar, o que não foi aceito pelo gestor. “Lamentavelmente o que recebemos foi a ‘porta na cara’. Queríamos apenas dialogar e encontrar uma solução, mas não foi possível. Inclusive, a reunião acabou não ocorrendo porque o presidente não gostou de terem nos convidado para participar”, salientou Sheyla Galba.

 Vereador Binho

O vereador Binho (Aldeílson Soares dos Santos), do Partido da Mobilização Nacional, PMN, participou da abertura dos trabalhos da 43ª. Legislatura Municipal, uma sessão virtual, onde o prefeito da capital, Edvaldo Nogueira, saudou os parlamentares e propôs uma gestão de muito diálogo com a Casa do povo. “Esse é um dia histórico na minha vida, porque represento o sonho de muitas crianças, adolescentes e jovens carentes que buscam um futuro com dignidade”.

 Compromisso
Binho foi eleito com 1.376 votos para defender na Câmara de Vereadores os projetos sociais voltados para o esporte e cultura. Idealizador do Projeto “Eu e meio bairro somos um só”, o vereador do PMN afirmou que seu mandato tem o propósito de defender as comunidades menos favorecidas e quando o Executivo encaminhar projetos que beneficiem as populações carentes, terá o seu apoio e seu voto.

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com