03/02/21 - 10:20:11

Em Aracaju, mais de 8,8 mil pessoas já foram vacinadas contra covid-19

Seguindo o cronograma estabelecido no Plano Municipal de Vacinação, a Prefeitura deu continuidade, nesta terça-feira, 2, à campanha de imunização dos profissionais da saúde que atuam na linha de frente do combate à pandemia do novo coronavírus.

Deste modo, trabalhadores da Maternidade Santa Helena, do Hospital Cirurgia e da Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, receberam as doses da vacina contra a covid-19, protegendo a si próprios, seus familiares e os pacientes dos locais em que atendem. Com mais esse dia de campanha, a capital sergipana alcança o total de 8.820 pessoas vacinados.

Primeira a receber o imunizante na manhã desta terça, a técnica de enfermagem Gilza Vieira Santos, funcionária da Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, não segurou a emoção. “É com muita satisfação, alegria e emoção que chega minha vez de ser vacinada. Com certeza, a partir de agora, vou me sentir mais segura para trabalhar. É um momento histórico para mim”, disse.

Nesta primeira fase da campanha são priorizados os profissionais que estão em contato próximo a pessoas infectadas, portanto receber a vacina, além de garantir a imunização contra o vírus, é dissipar um pouco da angústia que surge no dia a dia com o medo da contaminação.

“A chegada da vacina é uma esperança para aqueles que ficam na linha de frente, que correm um risco maior de adquirir a doença. Então, trata-se de um alívio, uma sensação de conforto, pois traz a sensação que voltamos à linha de frente vestidos com uma armadura a mais”,  aponta a enfermeira e gerente da UTI Neonatal na Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, Monique Cabral.

A campanha de vacinação, na capital sergipana, começou no dia 19 de janeiro, quando o Município recebeu as primeiras 21.878 doses da CoronaVac, vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica Sinovac Biotech, foram disponibilizadas à administração municipal.

“Estamos na terceira semana de vacinação aqui. Estamos com um fluxo baseado em uma planilha que levantamos, em uma busca por filtrar os profissionais com maior contato com a covid-19, como aqueles que atuam nas alas A, B e UTI.  Até esta segunda-feira, tínhamos vacinado 529 pessoas. A previsão é aplicar nesta terça mais 400 doses”, explica o coordenador do Serviço Especializado em Saúde e Medicina do Trabalho do Hospital Cirurgia, Claudon Mota.

A técnica de enfermagem Licia Soares, que atua no Cirurgia, foi uma das imunizadas nesta terça-feira. Após a ansiedade criada a partir da expectativa de proteção, ela sente agora a confiança necessária para seguir ajudando aos demais.

“Eu estava muito tempo aguardando por isso e hoje, finalmente, houve uma solução. Eu me sinto bem mais tranquila por estar imunizada, até porque não é possível saber à primeira vista quem está com o vírus ou não, seja no hospital, transporte público ou mesmo em casa. Graças a Deus tudo deu certo, me sinto uma vencedora”, garante.

O Plano de Vacinação de Aracaju foi estabelecido de forma a garantir que imunização ocorra com segurança, sem aglomerações e respeitando a urgência dos grupos prioritários. As diretrizes foram passadas para os hospitais, que, a partir de sua realidade, programaram o processo de vacinação.

“A gente recebeu orientação da SMS para priorizar setores da linha de frente, ou seja, as pessoas que atuam diretamente com pacientes positivos para covid-19. No nosso caso, esses profissionais são aqueles que trabalham na UTI neonatal e urgência. Avaliamos também os grupos de risco, dentro do nosso contexto hospitalar. Hoje, encerramos com êxito, dentro das 268 doses que foram disponibilizadas faltam apenas duas a serem aplicadas. É um momento feliz, por termos acompanhado o comprometimento das equipes em todo esse tempo, cuidando de pacientes graves e levando risco para suas famílias”, ressalta o diretor técnico da Maternidade Santa Helena, Dr. Marcos Alves Pavione.