11/02/21 - 13:18:20

FORÇA-TAREFA DE COMBATE À COVID-19 FISCALIZA MERCADO MUNICIPAL DE ARACAJU

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Vigilância Sanitária Estadual realizou, na manhã desta quinta-feira, 11, mais uma etapa da fiscalização referente ao cumprimento dos protocolos sanitários contra a Covid-19. Desta vez, o alvo foi os estabelecimentos e as pessoas que circulam pelo Mercado Municipal de Aracaju. Durante a força-tarefa, a SES contou com o apoio da Vigilância Sanitária Municipal, Defesa Civil, Procon e Polícia Militar.

Durante a fiscalização, os órgãos envolvidos realizaram abordagens com o intuito de conscientizar a população acerca dos perigos que a falta de proteção contra o Coronavírus podem causar. Além de ressaltar a obrigatoriedade do uso da máscara, do álcool em gel e a necessidade da higienização dos espaços e do distanciamento social, também houve a distribuição de máscaras descartáveis.

O fiscal da Vigilância Sanitária Estadual, Diego Lemos, destacou os procedimentos nos estabelecimentos que não estavam seguindo os protocolos. “Nessa ação tivemos um caráter educativo, orientamos a respeito das obrigatoriedades que devem ser seguidas. Para aqueles estabelecimentos que não estavam cumprindo o protocolo, nós orientamos a respeito do que deve ser feito. Em caso de reincidência, eles serão multados e responderão processos administrativos”, disse o fiscal.

Para somar forças, a Defesa Civil também contribuiu na ação acompanhando a força tarefa e reforçando a conscientização. O gerente de operações da Defesa Civil, José Cícero de Oliveira, ressalta a importância da fiscalização  em conjunto com vários órgãos. “É de suma importância que esse trabalho seja realizado em equipe, somando as forças, para que assim possamos ter mais facilidade para orientar e conscientizar a população, pois sabemos que o cenário de pandemia ainda é de expansão e, apesar de existirem pessoas que seguem os protocolos, ainda têm aquelas que não se protegem”, enfatiza José Cícero de Oliveira.

Durante a pandemia, muitas pessoas não pararam os seus trabalhos, Jorge Vicente da Silva, 75 anos, foi uma delas. Ele é relojoeiro e todos os dias vai ao mercado para consertar e vender relógios. Ao ser abordado pela fiscalização, seu Jorge estava sem a máscara, mas logo justificou que havia acabado de ingerir uma bebida. “Usar a máscara é necessário e também é um bom exemplo que damos. É através dela que temos certa segurança. Estou sem máscara agora porque estava bebendo, mas, sempre estou usando, às vezes até esqueço de tirar quando chego em casa”, ressalta Jorge Vicente.

Foto: Valter Sobrinho