12/02/21 - 00:50:02

ATENÇÃO: Por motivos maiores, a coluna Plenário só volta a ser publicada na próxima terça-feira, dia 23

 

 

ATENÇÃO:

Por motivos maiores, a coluna Plenário só volta a ser publicada na próxima terça-feira, dia 23

 

 

Diógenes Braynerdiogenesbrayner@gmail.com

Não terá carnaval, mas o período será movimentado por encontros e conversas políticas, entre lideranças que pensam em disputar mandatos majoritários e presidentes de partidos que precisam de bons filiados para a formação de chapa proporcionais. Ninguém vai ficar parado, exceto quem preferir as casas de praias e resorts. Será um período de risco em relação ao Covid-19, mas nesta pausa pouca gente se preocupa com a contaminação e tudo rola livre e solto. Já há encontros marcados, reuniões programadas e até “conversas fiadas”, em relação às eleições de 2022, que estão antecipadas em excesso.

O importante é que cada um com suas verdades e convicções de que está no caminho certo, mesmo que sequer tenha consultado a uma sociedade que chega pensando diferente em relação ao futuro do seu Estado e do País. A maioria está cansada em ver o poder econômico montar estruturas capitalistas, através de uma falsa democracia, que serve a tudo, menos aos interesses do povo. Há uma mudança real nos conceitos de modelos administrativo. Fala-se muito em um trabalho para o bem de cada cidadão, mas se pratica um falso populismo, sustentado por um Poder venal e corrupto.

Muda-se o formato de enganar o povo, mas se camufla um novo estilo da prática de ilícitos, que favorece aos poderosos que aparecem como salvadores da Pátria. E assim vai se levando um povo que se ilude aos atos e gestos de lideranças que fingem ser simples, populares e iguais, apenas porque falam abertamente os mesmo palavrões que qualquer cidadão pronuncia, ou tomam cachaça em qualquer ponta de mesa de bar. Mas vamos retornar ao início do texto e tratar sobre assuntos políticos reservados para o carnaval e até projetar o que está preparado para depois.

Em conversas sobre desejos de disputar a sucessão estadual de 2022, percebe-se que o senador Rogério Carvalho (PT) não expõe nenhum fingimento ao revelar desejo de ser candidato a governador. Vem trabalhando de forma cautelosa para isso, até por considerar cedo para inicio de “pré-campanha”. Entretanto, deixa ver que tudo depende dos acontecimentos nacionais, em um momento que o ex-presidente Lula ganha fôlego e pode até disputar a Presidência da República, apesar da indicação do Fernando Haddad para se movimentar como candidato ao Planalto.

Rogério também depende da estrutura local, em razão do número de prováveis candidato ao Governo, que já trabalha intensamente e está em contato com toda a base aliada e lideranças estaduais. O senador já definiu dois pontos: até o fim do ano anunciará sua candidatura a governador sem volta e, se for candidato, quer ser pelo bloco do governador Belivaldo Chagas. Quem também tem esse mesmo objetivo acredita que Rogério não conseguirá, por divergências do gupo com o PT, mas muitos acreditam que, em caso de rejeição, o senador formará uma aliança com outros partidos e será candidato a governador pela oposição.

Propondo demissão

Muita polêmica em torno do cancelamento do ponto facultativo no carnaval e a decisão do comércio em fechar as portas na segunda e terça feiras.

*** No centro alguns lojistas pretendem não atender a um acordo do Sindicato dos Comerciários e associação patronal, e por suas lojas para funcionar.

*** Acham que já tiveram muito prejuízo na Pandemia e não podem fechar neste momento. Tem lojista até ameaçando demissão.

Questão do shopping

Os lojistas dos shoppings Jardins e Riomar já consideram que as lojas vão fechar. Até o momento a Justiça do Trabalho em Sergipe não se manifestou sobre a ação que pede o funcionamento.

*** Empresários estão irritados com o acordo feito com o Sindicato dos Comerciários, porque o fechamento acarreta em prejuízos.

*** O comércio de Salvador, Maceió e Recife vão funcionar normalmente durante o carnaval, enquanto fecha suas lojas. Absurdo.

Volta às coligações

Segundo O Antagonista, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP), pretende colocar em votação nesta reta inicial de mandato, uma PEC que autorize o retorno das coligações e flexibilize as cláusulas de barreira.

*** A avaliação de líderes partidários é que o fim das coligações nas eleições proporcionais concentrou o poder de fogo de legendas como MDB, DEM e PT.

*** Além disso, existe o receio de que após 2022, pelo menos um terço das atuais agremiações possa ser extinta em função das cláusulas de barreira.

Ainda está no DEM?

Presidente regional do DEM em Sergipe, José Carlos Machado não quis polemizar com o empresário João Tarantela sobre críticas que ele fez ao partido e ao próprio Machado.

*** – E ele ainda está no DEM? Perguntou e complementou: “para mim ele já havia saído desde as eleições passadas”.

Alessandro faz crítica

O senador Alessandro Vieira (Cidadania) disse, ontem, que a fala do ministro Pazuello ao Senado pode ser resumida, em grande parte, a mentiras sobre o passado e promessas fantasiosas sobre o futuro.

*** – Impressionante a falta absoluta de uma política pública de saúde desenhada com técnica e eficiência, reclamou o senador.

Catástrofe sanitária

O senador Rogério Carvalho (PT) acusou o presidente Bolsonaro de ser o principal propagador do coronavírus no Brasil.

*** – Falou em gripezinha, mas isso que vivemos é uma “catástrofe sanitária sem precedentes na história”, Essa fala foi retirada do discurso de Rogério no plenário do Senado.

Luciano na vice

O presidente da Assembleia Legislativa, Luciano Bispo (MDB), pode ser o candidato à vice de qualquer dos nomes indicados pelo bloco para disputar o Governo.

*** Os pré-candidatos não fazem objeção ao seu nome e o consideram o melhor candidato da base aliada para integrar a chapa majoritária

Ainda sem decidir

A deputada estadual Janier Mota (PL) ainda não decidiu se disputa a reeleição ou para uma candidatura a deputada federal.

*** Janier está analisando a atual situação política, sem descartar a possibilidade de tentar a Câmara Federal.

JB causa surpresa

O caminho do ex-governador Jackson Barreto (MDB) é o PDT, todos sabem disso até porque ele avisou e já teria dito em entrevista.

*** Quanto ao fato de JB anunciar que não vota no PT houve surpresa, porque ele sempre disse que estaria à esquerda, seguindo os passos do ex-presidente Lula.

Conversa com Fábio

Segundo fonte de Brasília, no mesmo dia em que as declarações de Jackson foram divulgadas, o presidente do PDT em Sergipe, deputado Fábio Henrique, teve uma boa conversa com Rogério Carvalho (PT).

*** A conversa fora considerada “muito boa” e aconteceu um estreitamento político entre os dois.

Libera para Lula

O subtenente Edgard Menezes postou que o STF liberou para Lula as mensagens trocadas entre membros do Lava Jato.

*** E mais: O STF proibiu Bolsonaro de ter acesso às mensagens dos celulares de Adélio, o esfaqueador.

Tabela falsa circula

Uma tabela sobre a vacinação contra a Covid-19 circulou nas redes, antecipando datas e idades. Era falsa e animou idosos que esperavam vacinação mais adiante.

*** Segundo a falsa tabela, pessoas com 55 anos já começariam a se vacinar em março. A Prefeitura se apressou em anunciar que a tabela era fake news.

Lúcio em conversas

Lúcio Flávio, ex-candidato a prefeito de Aracaju pelo Avante, diz que está conversando com vários partidos e lideranças políticas sobre 2022.

*** Diz que não está se comprometendo com medalhões e politicamente só circula por “rodovias pavimentadas”

*** Avançou pouco nas informações, mas já esteve com Laércio Oliveira (PP) e Milton Andrade (PL).

Terá chapa majoritária

O deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania) disse ontem que o seu partido terá sim chapa majoritária e os nomes no momento oportuno serão divulgados e vai acontecer esse ano ainda.

*** Disse ainda que o Cidadania está tranquilo, “estamos todos trabalhando pelo fortalecimento do partido, através dos membros dos diretórios estadual e municipais”.

*** – Todo mundo cumprindo com o que ficou determinado para cada um, que é fortalecer o partido para disputa de 2022, concluiu.

*** Georgeo avisou que será candidato â reeleição pela sigla.

Apenas um bom papo

Mais reservado – O ex-prefeito de Itabaiana, Valmir d e Francisquinho (PL) tem conversado de forma muito reservada sobre política.

Valdevan mantém – O deputado federal Valdevan Noventa (PL) é candidato ao Senado em 2022 e vai trabalhar junto a lideranças no interior de Sergipe.

Sobre comércio – A questão de o comércio fechar em Aracaju e abrir em Salvador, Maceió e Recife, durante o carnaval, mexeu com os lojistas.

Revista Fórum – Governo de SP orienta diretores a proibir fiscalização de deputados em escolas sem agendamento.

Flávio Dino – A ditadura militar tinha tanta “responsabilidade com o futuro” que, alem de assassinar pessoas, deixou o Brasil com hiperinflação e enorme dívida externa.

Paulo Teixeira – Estado de Exceção: General Villas Boas confirma que a prisão do ex-presidente Lula foi uma ordem dos militares ao STF.

Diz Thicico – Paulo Guedes já disse que a autonomia do Banco Central vai gerar um trilhão de dinheiros e milhões de empregos?

Roberto Freire – É isso aí. Com esse governo Bolsonaro não existe possibilidade de termos respeito algum. O caminho é uma firme oposição. CPI é um bom.