16/02/21 - 07:13:04

Digital SE:  Unit vai digitalizar cerca de 4,5 milhões de documentos da SSP

O ano de 2020 foi marcado por significativas transformações em todo o mundo e em todas as áreas. Com a pandemia do novo coronavírus, as relações, como as familiares e o campo profissional, ganharam uma nova cara, e o meio digital ganhou força. As barreiras estavam cada vez menores. 

Implementar novos projetos também estiveram em alta neste período. É o caso do Projeto Digital SE da Universidade Tiradentes, que firmou mais uma parceria. Desta vez, com a Secretaria de Segurança Pública do Estado. O novo convênio ofertará mais de 30 vagas para acadêmicos dos cursos de computação e tem como objetivo a transformação digital e a preservação da história e dos documentos do órgão.    

O projeto, coordenado pelo professor Fábio Gomes Rocha, é realizado por acadêmicos dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação da Universidade Tiradentes – Unit – que integram o grupo de pesquisa em Tecnologia da Informação e Comunicação. 

“A iniciativa visa promover redução de custo com a utilização de papéis, eliminação de riscos de extravio ou perda por desgaste de documentos e maior segurança no sigilo das informações pessoais do servidor, entre outros benefícios”, explica o professor doutor Fábio Gomes.  

“A SSP soma-se a outras parcerias, como a Segrase, Sefaz e Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe, se tornando o nosso maior projeto com 34 vagas disponíveis. Com a parceria, atenderemos, por exemplo, o Instituto de Identificação auxiliando na preservação da história dos documentos de Sergipe e na parte de planejamento da secretaria na parte de Recursos Humanos”, acrescenta o coordenador. 

Além da digitalização, o projeto também implementará um sistema para a gestão dos documentos para facilitar a busca e identificação. “Nosso foco com essa expansão é ampliar o número de alunos no projeto, além de aperfeiçoar o conhecimento dos participantes. O aluno fará uma formação complementar e ficará três dias no órgão e dois dias em pesquisa”, salienta.

“O acompanhamento faz parte da preparação para que eles cheguem ao mercado melhor preparados, com know-how, competência técnica, além do trabalho social. É um investimento que o estado faz na educação e que nós auxiliamos na parte técnica. Importante ressaltar que, com a implantação, facilitaremos o trabalho em si, otimizando o papel dos funcionários permitindo que eles atuem na parte mais estratégica”, complementa. 

 Conquista

O resultado de inúmeros esforços com o Projeto Digital SE veio também com a aprovação de um trabalho em um evento internacional. Werliney Carlixto, egresso do curso de Ciência da Computação, teve seu artigo selecionado no International Conference on Communication and Computational Technologies – ICCCT, importante evento da área. O trabalho intitulado “Adoção da arquitetura de microsserviços no processamento e extração de texto de imagens” foi fruto do Trabalho de Conclusão de Curso do semestre passado.

“Eu sabia que estava dando o meu melhor no TCC, mas não imaginava algo desse nível. Essa conquista é bastante gratificante. Saber que o meu primeiro artigo feito já estava no nível de ser aprovado em um evento tão grande como o ICCCT. Isso me deixa feliz e me dá a certeza de que trilhei uma boa graduação nos últimos cinco anos”, garante Werliney.

Para Calixto, o período de desenvolvimento do TCC foi recheado de incertezas, dificuldades e preocupações. “É um trabalho de conclusão, portanto, não é nada fácil. Eu diria que o TCC dos graduandos de Ciência da Computação é um dos mais difíceis, e isso, somado ao período de pandemia, me fez passar por um dos semestres mais difíceis de toda a graduação. Mas eu segui em frente até o fim, porque sabia que, se me esforçasse, seria aprovado”, assegura.

No Projeto Digital SE, Werliney estagiou no Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe. “Foram bons meses de aprendizado. Preservar o acervo histórico de um órgão público com 100 anos de história que contribuiu e contribui bastante para o Estado de Sergipe é muito relevante. Poder fazer parte desse processo é muito gratificante”, destaca. 

O artigo conta com a orientação do professor doutor Fábio Gomes e com a colaboração do professor doutor Guillermo Rodrigues, da Argentina. 

 Sobre o Projeto Digital SE

Todo o processo de digitalização envolve técnicas de tipificação, organização e limpeza dos documentos. Em seguida, é criada a ferramenta de processamento e análise do conteúdo, elaboração do sistema de armazenamento e desenvolvimento da interface de acesso do usuário.

Em 2017, o projeto firmou parceria com a Empresa de Serviços Gráficos de Sergipe – Segrase – para realizar a digitalização dos mais de 100 anos de edições impressas do Diário Oficial. A intenção é finalizar tudo em 2024. O segundo órgão a ser atendido pelo Projeto Unit Digital SE foi a Secretaria de Estado da Fazenda – Sefaz. Iniciado em 2019, o processo de digitalização é focado nos documentos da gerência geral de desenvolvimento de pessoas e na superintendência da Sefaz. Juntos, os departamentos somam mais de 900 pastas que contêm documentação de funcionários ativos. E em dois anos e meio, deverá ser finalizado.

Já em fevereiro de 2020, o trabalho pioneiro de gestão eletrônica de documentos chegou ao Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe – CBMSE. Com isso, toda a documentação desde 1998 até os dias atuais estão sendo digitalizadas.

Assessoria de Imprensa