16/02/21 - 08:29:48

Seduc e comunidade dialogam sobre expansão do ensino médio em tempo integral

O secretário de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura, professor Josué Modesto dos Passos Subrinho, reuniu-se nessa segunda-feira, 15, com representantes do Conselho Escolar do Colégio Estadual Murilo Braga, de Itabaiana, para dialogar sobre a expansão do Ensino Médio em Tempo Integral na unidade. No encontro, foi apresentada a proposta do Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral – Escola Educa Mais, como as premissas pedagógicas, de gestão, e o histórico do modelo de ensino, cuja implantação deve ser feita por meio de adesão. A reunião contou também com a participação do superintendente executivo da Seduc, professor José Ricardo de Santana, e da diretora Regional de Educação 3 (DRE 3), Daniela Silva Santana.

O Murilo Braga é uma das 15 escolas estaduais que podem aderir ao modelo EMTI em 2021. Para o secretário Josué Modesto, esse movimento de expansão do programa gera espaços de oportunidades para os jovens sergipanos. “A implantação é a concretização de um momento importante para as comunidades escolares, com possibilidade de equalizar as oportunidades para aqueles que fazem uso da escola pública e tudo aquilo que ela produz. O município de Itabaiana, pela sua importância cultural e econômica para a região Agreste e para Sergipe, merece o ensino médio em tempo integral. Peço que debatam com sinceridade e reflitam o que essa mudança poderá provocar na melhoria dos índices educacionais da escola”, disse Modesto, em conversa com a comunidade do Murilo Braga.

A ampliação, que leva em consideração uma série de fatores como infraestrutura, demanda, capacidade, além de indicadores socioeconômicos, ocorre por meio de adesão; ou seja, a decisão de implantar o modelo de ensino passa por deliberação do Conselho Escolar. A fim de tornar o processo cada vez mais democrático, a Seduc, por meio do Núcleo Gestor de Educação em Tempo Integral (Ngeti), a partir de visitas in loco, vem intensificando o diálogo com as comunidades escolares, nas quais é apresentada a proposta de adesão ao EMTI. As escolas visitadas têm até o dia 16 de fevereiro (terça-feira) para enviar a ata de adesão dos conselhos escolares ao Ngeti, via email. Quatro unidades já enviaram as atas e aderiram ao ensino integral: os colégios estaduais Epifânio Dória (Poço Verde); Senador Gonçalo Rollemberg Leite (Japaratuba); Dr. Luiz Garcia (Brejo Grande); e Josino Menezes (Japoatã).

Segundo o superintendente executivo da Seduc, professor José Ricardo Santana, o EMTI potencializa a qualidade do ensino em Sergipe, com destaque para os avanços no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Outro ponto colocado pelo gestor é a questão do Ensino Médio integrado à Educação Profissional que trará benefícios no campo profissional para os estudantes do município, por meio da implantação dos kits itinerários formativos do Novo Ensino Médio. “Será um ganho significativo para essa região, que tem forte impacto econômico na área comercial e tantos outros segmentos”, pontuou.

Também participaram da reunião o coordenador de gestão do Negti, Rodrigo Araújo; a diretora do Colégio Murilo Braga, professora Edilma Machado; a presidente do Conselho Escolar do Murilo Braga, Luzia Andrade; demais membros do colegiado, além de técnicos da DRE 3.

Assessoria de Comunicação da SEDUC