17/02/21 - 14:34:11

LACEN REALIZA IDENTIFICAÇÃO DE LARVAS E PUPAS DO MOSQUITO AEDES AEGYPTI

O estudo de larvas e pupas é um procedimento realizado no serviço de Entomologia, Parasitologia e Zoonoses do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) para saber qual a incidência do mosquito Aedes Aegypti, transmissor das arboviroses: dengue, zika e chikungunya.

Para realização desse estudo, os municípios sergipanos encaminham semanalmente 10% das amostras coletadas no campo junto com um boletim de remessa de larvas para revisão junto ao órgão.

De janeiro até a primeira semana de fevereiro de 2021, o Lacen examinou e identificou 1.271 larvas e 239 pupas de culicídeos. A gerente de Entomologia, Parasitologia e Zoonoses, Karine Moura, relata que agentes de endemias nos municípios coletam as larvas em águas paradas como, por exemplo, copos descartáveis, vasos de plantas, pneus velhos e garrafas que servem de criadouros.

“No laboratório do próprio município os técnicos realizam os procedimentos para identificação dos culicídeos e encaminha para o Lacen realizar o controle de qualidade das análises realizadas por eles”, explicou a gestora ao ressaltar que quando há necessidade, os profissionais do Lacen fazem a confirmação dos resultados obtidos nos municípios.

Por conta da pandemia da Covid-19 as capacitações destinadas aos agentes de endemias e técnicos de laboratório que trabalham com arboviroses ocorreram de forma on-line. Em 2021, com a mudança de prefeitos nos municípios de Sergipe, o Lacen já está recebendo solicitação para novos treinamentos.

Procedimentos laboratoriais

A capacitação para identificação de larvas e pupas do Aedes Aegypti é dividida em dois módulos, teórico e prático. “Agendamos para esta última semana de fevereiro um treinamento com os profissionais da Prefeitura de Tobias Barreto, que irão trabalhar com a realização dos procedimentos laboratoriais, para pesquisa dos vetores transmissores da dengue, zika e chikungunya”, confirmou Karine Moura.

Os treinamentos dos demais municípios podem ser agendados através de solicitações junto a RedeLab, pelo e-mail: redelab@fsph.se.gov.br.  Mais informações através dos telefones: (79) 3234-6000 e 3234-6015.

Foto: Ascom/SES