17/02/21 - 05:15:29

Voluntários do município de Capela doam sangue para ajudar a salvar vidas

O Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose) recebeu nesta terça-feira, 16, uma caravana com profissionais que trabalham no serviço de atenção básica da Secretaria Municipal de Saúde de Capela. A iniciativa visa sensibilizar a população para a importância do ato regular de doar sangue e ajudar a salvar vidas.

De acordo com a enfermeira Elouizy Doria, a campanha integra as ações em alusão ao Fevereiro Laranja de combate a leucemia. “É uma doença silenciosa que utiliza em seu tratamento a transfusão de sangue, por isso, entramos em contato com o Hemose para trazer o nosso apoio. Queremos estimular as doações de sangue entre as equipes profissionais da secretaria e formarmos grupos para doar pelo menos duas vezes ao ano”, contou.

Integrantes da caravana, Marília Gabriela Teixeira Lima, coordenadora da Vigilância Epidemiológica e Gustavo Marques Sobral dos Santos, coordenador de Saúde Bucal de Capela, doaram sangue. “Esse é um ato importante para muitos pacientes que estão nos hospitais”, ressaltou Marília.

A agente de saúde, Sheila Cristina Cruz dos Santos e o vigilante, Emanuel Messias Souza Santos, realizaram a primeira doação de sangue. “Vim com outros colegas que trabalham comigo para conhecer o serviço”, disse Sheila. “Quando falaram da campanha fiquei curioso para doar sangue. É uma sensação boa”, completou Emanuel.

Conforme a gerente de Ações Estratégicas do Hemocentro de Sergipe,  Rozeli Dantas,  a solidariedade é o sentimento que move a doação de sangue. “No caso dos profissionais de Capela, a maioria doou sangue pela primeira vez, com o desejo comum de ajudar ao próximo”, destacou a assistente social ao explicar que o trabalho da Captação tem como finalidade, a promoção da conscientização do público sobre a necessidade de doação fidelizada. “O homem pode doar a cada dois ou três meses e a mulher a cada, três ou quatro meses”, frisou.

Mais informações sobre o serviço de doação de sangue e o agendamento de campanhas através dos telefones: (79) 3225-8039 e 3259-3174.

Fonte e foto Ascom/SES