19/02/21 - 11:27:58

Roubos a ônibus caem 99,47% em comparativo entre janeiro de 2017 e de 2021 na Grande Aracaju, informa a SSP

As reduções na incidência de investidas criminosas no transporte coletivo metropolitano é fruto do trabalho integrado entre as forças de segurança e o Setransp

Os roubos aos ônibus do transporte coletivo da capital e da Região Metropolitana apresentaram uma queda de quase 100% no comparativo feito entre os meses de janeiro de 2017 e de 2021. Os dados são do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros do Município de Aracaju (Setransp) e demonstram o reforço das ações estratégicas e operacionais das instituições que formam a Secretaria da Segurança Pública (SSP) no combate à criminalidade em Sergipe.

De acordo com o levantamento feito pelo Setransp, no mês de janeiro de 2017 foram registradas 956 ocorrências de investidas criminosas nos ônibus que circulam pelas cidades de Aracaju, Nossa Senhora do Socorro, São Cristóvão e Barra dos Coqueiros. Já no ano de 2018, esse número foi de 476 ocorrências. No mês de janeiro de 2019, os roubos ao transporte coletivo contabilizaram 277 casos. No mesmo período, já em 2020, foram 114 ações criminosas contra os ônibus da capital e Região Metropolitana.

Em janeiro de 2021, o Setransp verificou que ocorreram apenas cinco investidas criminosas contra o transporte coletivo de Aracaju e das demais cidades circunvizinhas à capital. Os dados do sindicato apontam para reduções consecutivas na incidência dos roubos contra os ônibus. Entre janeiro de 2020 e 2021, a redução foi de 95,61%. Já entre 2019 e 2021, a queda foi de 98,19%. Entre 2018 e 2021, a retração foi de 98,94%. Em relação a janeiro de 2017 e 2021, a diminuição foi de 99,47% nos roubos a ônibus na Grande Aracaju.

O secretário da segurança pública, João Eloy de Menezes, ressaltou que a redução nos roubos aos ônibus é fruto do compromisso firmado entre o Setransp e a SSP para a melhoria dos equipamentos de monitoramento do interior dos veículos e a rápida comunicação de ações suspeitas no âmbito do sistema de transporte coletivo da Grande Aracaju. Além disso, as ações de policiamento, com rondas e abordagens, junto às investigações foram essenciais para a queda dos números desse crime.

“Estamos, constantemente, monitorando a mancha criminal de todo o nosso estado, e uma das ações criminosas que mapeamos, sem dúvidas, é a investida contra o transporte coletivo da Grande Aracaju. No nosso trabalho diário, junto às ações e operações de combate ao tráfico de drogas, crimes contra a vida e contra o patrimônio, também focamos na redução das investidas criminosas que ocorrem nos locais de grande circulação de pessoas, como o transporte coletivo da capital e da Região Metropolitana”, assinalou.