21/02/21 - 20:13:58

Conversas se aprofundam para formação da chapa Rogério, Valadares e André na oposição

Por Diógenes Brayner

Na sexta-feira (19) o portal Lagarto Notícias publicou a formação de uma provável chapa majoritária de oposição que seria Rogério Carvalho para governador, Valadares para vice e André Moura ao Senado. O texto é de Marcos Peris, dentro de uma especulação que produziu repercussão. Imaginava-se inicialmente que o “Valadares” citado seria o ex-deputado federal, mas a notícia em seu lead anunciava “ex-senador”, o que provocou curiosidade nos meios políticos.

O nome do ex-senador Antônio Carlos Valadares acelerou a busca por informações, em razão do silêncio que ele mantém sobre eleições de 2022, enquanto o ex-deputado tem atuado na linha de frente, como presidente do PSB, para composições em busca de uma candidatura a deputado federal em 2022. Neste domingo, Valadares Filho foi procurado pelo Faxaju Oline para esclarecer o que havia de verdade na disputa pela vice: “disse que seu pai não havia se manifestado sobre isso” e deixou no ar possibilidade do nome ser o seu.

De fato é. Semana passada o ex-deputado teve contato com o presidente de um partido grande em Sergipe, que tratou diretamente com ele sobre o lançamento de uma chapa de oposição com Rogério a governador, Valadares Filho a vice e André Moura ao Senado. Durante a conversa, o ex-deputado disse que gostou da formação da chapa, admitiu que é “muito forte” e que se colocaria à disposição depois de ouvir o seu grupo.

Na mesma semana, antes da articulação da chapa, Valadares Filho teve um encontro com André Moura e trataram sobre política, inclusive a possibilidade de estarem numa mesma aliança. Lembraram de eleições anteriores, em que jamais se juntariam, mas com a conversa reaberta, muita coisa foi esclarecida. O próprio Valadares quem disse: “mas isso é página virada”, deixando claro que não haveria obstáculo para estarem no mesmo bloco.

Márcio e Rogério – O mesmo líder que conversou com Valadares Filho, também o fez com Rogério Carvalho (PT) e Márcio Macedo (PT), que gostaram da formação da chapa. Segundo informação de um integrante do partido, Márcio chegou a comemorar e tenta levar a ideia adiante dentro do seu partido. Sabe que, por ter criado uma ruptura na base aliada, ao lançar-se candidato a prefeito, contrariando o lançamento de Edvaldo Nogueira (PDT) à reeleição, não haverá mais condições de manter a composição.

Já o senador Rogério Carvalho, que junto ao presidente regional do PT, deputado federal João Daniel, tem um bom relacionamento com a base aliada, é um nome que se mostra disposto e em condições de disputar o Governo do Estado, teria admitido que é uma chapa que fortaleceria a oposição, entretanto mantém a expectativa de ser o indicado pelo governador Belivaldo Chagas (PSD) como candidato do bloco que o PT ainda integra. Só ousaria optar por uma candidatura pela oposição em caso de rejeição.

Ainda é cedo – Além disso, Rogério se recusa a tratar sobre chapas majoritárias neste momento. Acha muito cedo. Mostra-se disposto a levar o seu reconhecido trabalho no Senado, defender interesses da sociedade e a fazer oposição rígida ao Governo Bolsonaro que, para ele, não atende às necessidades do povo e do Brasil. Acha também que há urgência para o debater da vacinação em massa e trabalhar para acabar com a Pandemia.

Para Rogério, a debate sobre eleições de 2022 deve ficar para mais adiantes, porque o momento requer esforço dos políticos em defesa da sociedade. Mesmo assim, ele enviou uma mensagem para o presidente de partido que trata sobre a formação da chapa: “você é um mago nessa área e seus projetos terminam dando certo”.

Sobre André – Um ex-prefeito aliado de André teria considerado que se trata de uma chapa competitiva, mas admitiu que André Moura não vai tratar sobre esse assunto neste momento, por achar que ainda é muito cedo e tem coisas mais urgentes a se ver no Estado, porque tudo ainda se trata de especulação.

A mesma fonte disse que André Moura está preocupado com a pandemia, acha que é preciso controlá-la, além de se promover urgentemente a vacinação de todos os sergipanos – e demais brasileiros – para que se possa trabalhar mais em favor de toda a população prejudicada pelo virus.

Vamos para cima – Da mesma forma, um político aliado ao governador Belivaldo Chagas (PSD) e que atua a seu lado, considerou que a chapa que se especula para a oposição “é fortíssima”. E continuou: “são nomes tradicionais, pessoas que trabalham pelo Estado e atuam na política. Mas, acho que quem quer ganhar as eleições não pode escolher adversário não, seja quem for, vamos para cima”!

Segundo ainda a mesma fonte, “se a base aliada pudesse escolher candidato para disputar as eleições seria uma beleza”, disse.

Admitiu que nessa chapa divulgada não tem ninguém invencível: “O grupo é forte, mas o bloco liderado pelo governador Belivaldo Chagas é mais forte ainda. Então não tem que escolher adversário não. Seja quem quer que for o adversário, acredito que o grupo liderado pelo governador Belivaldo Chagas derruba e faz o sucessor”, concluiu;