23/02/21 - 11:46:56

Dudu Nobre entrega curiosidades da época em que Mumuzinho cantou em sua banda e diz: ‘Feliz de ter participação nessa história’. Sambista foi uma das pessoas mais importantes para o técnico do ‘The Voice +

Hoje Mumuzinho é um dos principais nomes do samba no Brasil e, com uma carreira de sucesso, conquistou uma merecida cadeira como técnico do The Voice +. No passado, no entanto, o cantor correu atrás de seu sonho se agarrando às oportunidades que apareciam pelo caminho e, nesta trajetória, teve a ajuda de alguns artistas, que lhe ajudaram a ganhar visibilidade no meio artístico. Ao pensar nas primeiras pessoas que confiaram em seu talento e “viraram a cadeira” para ele, Mumu sempre cita o nome de Dudu Nobre – e o Gshow foi atrás do sambista para saber como tudo aconteceu.

Dudu lembra que conheceu Mumuzinho em Padre Miguel, na época que ele cantava em seu primeiro grupo musical, batizado de Trânsito Livre. “Ele ia lá na casa da minha tia e sempre dizia: ‘Fala pro Dudu que vai ter o meu pagode ali, a gente tem uma roda de samba!’. A roda era numa garagem, tive o prazer de ir lá curtir um pouco e já achei o Mumuzinho muito talentoso”, conta.

“O que mais me chamou atenção nesse primeiro encontro foi realmente o talento do Mumuzinho. Sempre foi um menino muito talentoso e tem aquela formação de ator também, que acabou levando de uma maneira muito bacana para a música.”

 

Mumuzinho na época em que tocava pagode na esquina de casa — Foto: Reprodução/Twitter

Mumuzinho na época em que tocava pagode na esquina de casa — Foto: Reprodução/Twitter

Pouco depois, o sambista, que já tinha uma carreira consagrada, decidiu convidá-lo para integrar sua banca como backing vocal. “Foi uma época muito legal, a gente saindo para fazer show no Brasil inteiro, o Mumuzinho nos acompanhando, muito jovem ainda, começando a carreira dele como músico”.

“Ainda me lembro da primeira viagem que o Mumuzinho veio fazer comigo. Ele não tinha mala e foi com uma bolsa de supermercado viajar para a Bahia. Então, falei: ‘Não, não, não. Vamos comprar!’, e dei uma mala de presente para ele.”

 

Mumuzinho com Dudu Nobre no início da carreira, quando era integrante do coro da banda do sambista — Foto: Reprodução/Instagram

Mumuzinho com Dudu Nobre no início da carreira, quando era integrante do coro da banda do sambista — Foto: Reprodução/Instagram

Nestes tempos, Mumuzinho já arrancava risadas por onde passava com suas famosas imitações. Mas, se hoje ele usa esse dom a seu favor, Dudu conta que antes era diferente. “Tinha até um momento do show que eu chamava para fazer umas imitações, mas ele nem gostava muito”, diverte-se.

Depois de passar dois anos acompanhando Dudu Nobre em sua banda, chegou a hora de Mumu alçar seus próprios voos. “Ele foi, com outros projetos paralelos, crescendo cada vez mais e, depois, saiu voando sozinho, já foi seguir a caminhada dele. E eu sempre muito orgulhoso, porque fui praticamente um dos primeiros que teve a oportunidade de conhecer o talento dele e chamar para trabalhar comigo”, diz.

Mumuzinho e Dudu Nobre: parceira de longa data — Foto: Reprodução/Instagram

Mumuzinho e Dudu Nobre: parceira de longa data — Foto: Reprodução/Instagram

Ele lembra que também teve um início de carreira parecido com o de Mumuzinho, ao ser apadrinhado por artistas com mais tempo de estrada. “No samba tem essa tradição, sempre um apoiando o outro. No meu início, comecei a tocar com o Almir Guineto, quando tinha 13 anos de idade. Depois fui tocar com o Pedrinho da Flor, com Dicró… Até que o Zeca Pagodinho surgiu na minha vida, profissionalmente falando. A gente já se conhecia desde que eu tinha uns 5 anos, mas aos 19 é que comecei a tocar meu cavaquinho com ele”, recorda.

Dudu, ainda hoje, continua dando oportunidades a outros sambistas que estão começando sua trajetória nos palcos. “Tenho um estúdio de gravação e tem alguns casos de arrumar horário para o pessoal poder ir lá fazer suas gravações. A gente procura sempre apoiar a rapaziada nova que está chegando no samba e no pagode. Essa renovação é superimportante, até para manter o gênero em alta”, explica.

Só na resenha: Dudu Nobre e Mumuzinho mantêm amizade até hoje — Foto: Reprodução/Instagram

Só na resenha: Dudu Nobre e Mumuzinho mantêm amizade até hoje — Foto: Reprodução/Instagram

E a amizade de Dudu e Mumuzinho permanece forte até hoje. “É muito bacana, eu vou na casa dele, ele vem aqui, a gente conversa… Antigamente, puxava a orelha dele. Hoje, já não tenho puxado tanto, porque ele está seguindo um caminho bacana”, brinca. “Mas é sempre um prazer enorme estar com o Mumu. Pegamos o violão, o cavaco, cantamos, tocamos, fazemos a resenha, é piada para lá, piada para cá”, conta.

A parceria continua também nos palcos. “Sempre estamos fazendo alguma coisa juntos. Já cantei no DVD dele, já fizemos shows… Agora estou trabalhando num projeto novo que também vamos cantar alguma coisa juntos”, garante.

“O Mumuzinho é um grande amigo, um grande parceiro, e um afilhado que tenho um carinho muito grande, torço muito por ele sempre.”

 

Mumuzinho divide o palco com Dudu Nobre em um de seus shows — Foto: Reprodução/Instagram

Mumuzinho divide o palco com Dudu Nobre em um de seus shows — Foto: Reprodução/Instagram

Agora, ao ver Mumu com uma carreira consolidada, o sambista é só orgulho do caminho que ele vem trilhando. “É muito gratificante ver que fortaleci, num momento importante, a carreira de um cara que é muito talentoso e que tinha tudo para ser esse grande artista que está virando aí no Brasil. Fico muito feliz de vê-lo no ‘The Voice +’, porque já apoiei muita gente no início da carreira e, com certeza, o Mumu é um dos meninos que mais deu certo. Fico feliz demais de ter um pouquinho de participação nessa história”.

Fonte/Foto: globo.com