23/02/21 - 11:34:35

Kerline fala sobre bissexualidade e relata interesse por colegas do “BBB21”. Ela usa sua influência fora da casa para dar visibilidade à causa, que ganhou notoriedade com o beijo de Lucas

Primeira eliminada desta edição do “Big Brother Brasil” numa disputa com Rodolffo, Kerline segue em alta mesmo após deixar o programa. Abertamente bissexual, ela tem sido chamada para falar sobre o histórico beijo protagonizado por Lucas e Gilberto. O gesto, apesar de ter sido celebrado por parte do público, não recebeu apoio dos “brothers e sisters” de dentro da casa –à exemplo do que se viu na formação de outros casais. Para ela, ocorreu um fenômeno chamado de invisibilização.

“A confusão gerada pelo beijo entre Lucas e Gilberto é o retrato perfeito do que a invisibilização dos bissexuais traz como consequência. Para muita gente, ainda é estranho ver um homem cisgênero beijando outro homem e se assumindo bissexual”, conta ela à Vogue.

“Bissexuais, no entanto, não deixam de ser bissexuais quando estão numa relação com um homem ou mulher. O Lucas já foi noivo de uma mulher e isso não interfere em absolutamente nada na orientação sexual dele”, explicou. “Acredito que o que falta é respeito, empatia”.

Kerline conta que sempre foi uma mulher que apoiou a liberdade afetiva ao longo de sua vida, mas, assim como muita gente, precisou estudar para compreender que o que sentia era normal. “Fiquei um pouco confusa, mas li muito para entender meus encantos e atrações e conheci homens e mulheres incríveis. Hoje entendo que o amor me move, totalmente sem gênero e limitações”, argumentou.

Ela, inclusive, não esconde sentir atração por participantes desta edição do programa, apenas não revela nomes. “Tem várias mulheres maravilhosas no ‘BBB21’, só não tive tempo de desenvolver a fundo uma conexão mental, gosto muito disso”.

Muitos fãs do programa certamente gostariam de ter visto Kerline vivendo um romance com outra sister na casa, mas, para ela, não seria pelos motivos certos. “Existe um fetiche ridículo [em ver duas mulheres juntas]. Isso tem muito a ver com o machismo. Eu tenho certeza que se o beijo dentro do ‘BBB21’ tivesse sido entre duas mulheres, não teria havido toda essa confusão com ataques bifóbicos”.

Atualmente, Kerline usa sua influência para dar visibilidade à causa bissexual. “Eu gostaria de dizer que bissexuais também sofrem pressão para se assumir, sofrem para se entender e não merecemos sofrer julgamentos ou pressões externas. Vivemos numa pluralidade e viver de amor é o que importa”, completa.

Fonte/Foto; globo.com