Aracaju, 18 de julho de 2024
Search

“O SUS não realiza biópsia de câncer de próstata em Sergipe”, denuncia Elber

image_large

A situação de pacientes com câncer de próstata foi pauta no discurso do vereador Elber Batalha (PSB) na sessão da última quarta-feira, 7, na Câmara Municipal de Aracaju (CMA). Relatando o caso de um amigo que descobriu recentemente a doença, ele denunciou que não é possível fazer uma biópsia, nesses casos, através do Sistema Único de Saúde (SUS), em Sergipe.

Com o diagnóstico, os homens que precisam desse exame mais detalhado para iniciar o seu tratamento, estão sofrendo sem a assistência rápida. De acordo com Elber, os casos com dificuldades não estão apenas na capital. “A biópsia custa simplesmente R$ 1.400 no lugar mais barato em Aracaju. Nos juntamos com amigos, pagamos e o tratamento do nosso amigo vai evoluir. Mas, no interior do estado, pessoas fazem rifas para conseguir realizar as suas. Colocam galinha, carneiro e outras coisas para com o valor arrecadado, finalmente pagar o que necessita”, contou.

Ele fez questão de sugerir uma solução para o município e o estado. “Isso é absurdo. Num país em que existe o SUS, que é considerado o maior sistema público de saúde. Por isso, fiz indicação ao governador Fábio Mitidieri e ao prefeito Edvaldo para que esse serviço seja integrado à rede pública do estado de Sergipe”, declarou.

Por fim, ele convocou os colegas vereadores a destinar também as suas emendas para essa questão. “Conclamo algum colega vereador também, que tenha aportado recursos das emendas parlamentares para exames, para se somar. Eu, particularmente vou encaminhar R$ 200 mil, caso seja possível ser pela rede municipal, para as primeiras condições de realização dessa biopsia”, concluiu.

Foto Gilton Rosas

Anna Paula Aquino

Leia também