Aracaju, 13 de abril de 2024

Projeto Jornada X Orizon reúne 250 estudantes em Sergipe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Rosário1

Gincana ambiental acontece nesta semana em Rosário do Catete e  já impactou mais de 20 mil pessoas em todo Brasil

O Grupo Orizon, referência nacional na indústria de transformação de resíduos e geração de energia renovável, através do Instituto Orizon Social, se uniu à  LiveLab para promover a Jornada X Orizon, uma gincana socioambiental comunitária liderada por 250  jovens estudantes, nesta terça-feira, dia 12. Neste primeiro dia, os alunos do Centro de Excelência Leandro Maciel tiveram um dia inteiro de atividades.

Em foco, a missão é gerar conscientização sobre as temáticas ambientais que envolvem a economia circular e a sustentabilidade em escolas de Rosário do Catete, município da Região Metropolitana de Aracaju, região da qual a empresa recebe os resíduos sólidos urbanos para gestão e tratamento adequado em seu ecoparque.

Ainda haverá mais dois dias de atividades em escolas da cidade: Escola Municipal Professora Ernestina Silva (dia 13) e Escola Municipal Desembargador José Sotero Vieira de Melo (dia 14). As três escolas somam mais de 900 alunos  e, nas ações planejadas, serão impactadas outras centenas de pessoas, incluindo outros alunos, famílias, professores e membros da comunidade.

“Nosso objetivo é contribuir com a conscientização e desenvolvimento local oferecendo serviços de alta qualidade para a valorização de resíduos, promovendo a economia circular e a geração de energia limpa, além de outras questões importantes como a preservação da natureza e a mitigação das mudanças climáticas. O Grupo Orizon é pioneiro no Brasil nessas atividades, levando a sustentabilidade para diversas regiões do país, priorizando sempre as melhores práticas ESG e colaborando com as comunidades locais por meio das ações do Instituto Orizon Social. Todos os participantes da Jornada X estão convidados e convidadas para juntos criarmos um melhor futuro para todos e todas”, explica o Superintendente de Operações Ambientais do Grupo Orizon, Paulo Laguardia.

Um projeto nacional com mais de 20 mil pessoas impactadas

Os organizadores da Jornada X Orizon estipulam cerca de 5.000 pessoas impactadas positiva e diretamente e entorno de 20.000 indiretamente com o projeto nas comunidades de Itapevi, Sumaré e Paulínia, no estado de São Paulo, onde o projeto aconteceu no primeiro semestre de 2023. Estudantes, familiares, professores e outros membros da comunidade foram envolvidos nas atividades

Como funciona o jogo

Para captar a atenção dos jovens, o jogo tem um clima de mistério. Na primeira missão, a diretoria das escolas junto à comissão elege de 3 a 5 “Game Masters”, ou Mestres do Jogo em português, entre os docentes mais queridos pelos estudantes. Em seguida, cada Game Master escolhe o seu Agente X, mirando estudantes líderes capazes de mobilizar seus colegas e que gostem muito da temática ambiental. Posteriormente, o Agente X forma uma Liga de até 4 estudantes. Na última etapa, cada Liga X cria uma Tribo X com o maior número de pessoas que conseguir alistar entre alunos, especialistas em meio ambiente e adultos da comunidade do entorno da escola (familiares, vizinhança, comerciantes, lideranças da comunidade, entre outros).

Ao final das semanas de mobilização com um clima crescente de Coopetição: cooperação com competição, as escolas realizam uma grande Gincana com diversas provas, incluindo um grande mutirão ambiental que busca a transformação sustentável de espaços das escolas e das comunidades.

*Informações para a pauta*

Evento: Jornada X Orizon

Quando: dias 13 e 14 de setembro

Onde e horário:

Escola Municipal Professora Ernestina Silva (dia 13) – Rua do Rosário – Povoado Sirizinho  – Rosário do Catete – 7h30 às 12h30

Escola Municipal Desembargador José Sotero Vieira de Melo (dia 14)  – 13h às 17h30

Por Jaqueline Moraes

Danthi Comunicação

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Leia também