Aracaju, 13 de abril de 2024

Sheyla Galba volta a denunciar falta de remédios em Aracaju

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
sheyla-galba0204_giltonrosas

A vereadora Sheyla Galba (União Brasil) voltou a denunciar, nesta terça-feira (2), a falta de medicamentos na rede municipal de Saúde. Em discurso na Câmara Municipal de Aracaju (CMA), a parlamentar lamentou o descaso da gestão municipal com a situação de centenas de pacientes que estão há meses sem perspectiva de quando poderão dar continuidade ao seu tratamento.

Seguindo a rotina de fiscalização dos serviços públicos, Sheyla tem percorrido unidades de saúde da rede municipal e se deparado com cidadãos enfrentando o desamparo do Executivo aracajuano, que mantém estoques de medicamentos essenciais zerados. Ela citou o exemplo de pessoas que tiveram a visão comprometida em decorrência do glaucoma.

“Esses pacientes precisam de três medicamentos, um deles está em falta desde dezembro e o outro desde janeiro no Cemar”, citou a vereadora, após relatar ainda a ausência de dipirona e levotiroxina, usado no tratamento do hipotireoidismo, na Unidade Básica Augusto César Leite, do bairro Aeroporto.

Na tribuna do Legislativo municipal, Sheyla ainda questionou os critérios adotados pela gestão do prefeito Edvaldo Nogueira para aplicação dos impostos que são pagos pelo contribuinte aracajuano.

“O que nos deixa indignada é que gastam mais de um milhão de reais em show com dois cantores apenas, nós acabamos de sair de um Projeto Verão com vários artistas, depois o aniversário. Não há nada contra os eventos culturais, mas é muito caro. A saúde deve ser prioridade. Que se gaste menos com festas para colocar a saúde das pessoas em dia porque a gente precisa que esses medicamentos cheguem nas UBS e no Cemar com brevidade”, completou Galba.

Foto: Gilton Rosas/CMA

Comunicação Sheyla Galba

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Leia também