Aracaju, 18 de agosto de 2022

Morte de enfermeiros pela Covid 19: Sergipe registra menor taxa de mortalidade de profissionais da enfermagem durante a pandemia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Conversando sobre saúde com Dra. Andreia Braga

Por Dra. Andréia Braga

Desde o início da pandemia o país vivenciou e ainda vivencia um momento de tensão e de muitas perdas de pessoas de diferentes segmentos da sociedade brasileira, dentre estes estão os nossos profissionais da enfermagem que em meio a esta “guerra interminável” se doaram com muita bravura e amor ao próximo, na tentativa de amenizar o sofrimento daqueles que foram acometidos por este mal.

Conforme dados do concelho federal de enfermagem (COFEN), registrou-se até o momento 866 mortes de profissionais da área da enfermagem em diferentes regiões do Brasil, o COFEN, junto aos conselhos estaduais (COREN) disponibilizaram a distribuição de equipamentos de proteção individual (EPI), a exemplo das máscaras N95/PFF2 para os profissionais que estavam na linha de frente no combate do Covid 19 em todo o país.

O trabalho árduo e persistente do COREN/SE, contribuiu para a distribuição de mais de 20 mil máscaras para os profissionais que estavam diretamente atuando no combate ao vírus nas unidades de saúde de Sergipe e assim contribuiu para os dados estatísticos de menor índice de contaminação e óbitos da enfermagem sergipana em comparação a outros estados brasileiros.

Neste último sábado 27 foi realizado um grande evento que reuniu autoridades e celebridades sergipanas para receberem o Prêmio Qualidade Tribuna que reconhece a contribuição para o desenvolvimento social e cultural do estado de Sergipe entre os anos de 2020/2021.

Entre estes ilustres convidados tivemos a presença do nosso enfermeiro Dr. Conrado Marques atual presidente do COREN/SE que foi homenageado com o certificado de Honra ao Mérito por sua atuação frente a distribuição de EPI, fiscalização e assistência prestada a estes profissionais. Este reconhecimento é de suma importância para toda sociedade sergipana.

O presidente ressaltou o compromisso do conselho perante os profissionais e a sociedade no combate a este terrível vírus, ele ainda reafirmou que o COREN continua de portas abertas para acolher e proteger a todos.

Por Dra. Andréia Braga

Desde o início da pandemia o país vivenciou e ainda vivencia um momento de tensão e de muitas perdas de pessoas de diferentes segmentos da sociedade brasileira, dentre estes estão os nossos profissionais da enfermagem que em meio a esta “guerra interminável” se doaram com muita bravura e amor ao próximo, na tentativa de amenizar o sofrimento daqueles que foram acometidos por este mal.

Conforme dados do concelho federal de enfermagem (COFEN), registrou-se até o momento 866 mortes de profissionais da área da enfermagem em diferentes regiões do Brasil, o COFEN, junto aos conselhos estaduais (COREN) disponibilizaram a distribuição de equipamentos de proteção individual (EPI), a exemplo das máscaras N95/PFF2 para os profissionais que estavam na linha de frente no combate do Covid 19 em todo o país.

O trabalho árduo e persistente do COREN/SE, contribuiu para a distribuição de mais de 20 mil máscaras para os profissionais que estavam diretamente atuando no combate ao vírus nas unidades de saúde de Sergipe e assim contribuiu para os dados estatísticos de menor índice de contaminação e óbitos da enfermagem sergipana em comparação a outros estados brasileiros.

Neste último sábado 27 foi realizado um grande evento que reuniu autoridades e celebridades sergipanas para receberem o Prêmio Qualidade Tribuna que reconhece a contribuição para o desenvolvimento social e cultural do estado de Sergipe entre os anos de 2020/2021.

Entre estes ilustres convidados tivemos a presença do nosso enfermeiro Dr. Conrado Marques atual presidente do COREN/SE que foi homenageado com o certificado de Honra ao Mérito por sua atuação frente a distribuição de EPI, fiscalização e assistência prestada a estes profissionais. Este reconhecimento é de suma importância para toda sociedade sergipana.

O presidente ressaltou o compromisso do conselho perante os profissionais e a sociedade no combate a este terrível vírus, ele ainda reafirmou que o COREN continua de portas abertas para acolher e proteger a todos.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Leia também