Aracaju, 13 de abril de 2024

SRT realiza audiência para negociação coletiva em Sergipe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
40fdcf31-de7d-4849-91ce-536adaf66196

Aconteceu na manhã desta quinta-feira (18/02), na Superintendência Regional do Trabalho em Sergipe, audiência para instalação do processo de negociação mediada, para formalização a convenção coletiva de trabalho dos diversos setores do comércio, do ano de 2024, por solicitação do Sindicato dos Empregados do Comércio de Aracaju e suas abrangências intermunicipais, Sindicato dos Empregados em Supermercados, Sindicato do Comércio de Boquim, Sindicato do Comércio de Itabaianinha e Federação dos Empregados do Comércio em Sergipe.

Segundo o Superintendente do Trabalho em Sergipe Cláudio Caducha, “ A data base da categoria é 1° de janeiro e as normas coletivas celebradas terão vigência até 31 de dezembro deste ano. Outras categorias também já estão em processo de negociação mediada, outras a serem iniciadas a pedido dos trabalhadores e sem nenhuma resistência por parte do empresariado”. Diz Caducha.

Da parte dos trabalhadores compareceram, Luan Almeida, presidente do Sindicato dos Empregados do Comércio de Aracaju, Manoel Oliveira, presidente do Sindicato dos Empregados em Supermercados, Denisson Barreto, diretor da Federação dos Empregados no Comércio de Sergipe, entre outras lideranças. Da parte patronal, foram chamados e compareceram à primeira rodada de negociação, Gilson Figueiredo, presidente do Sindilojas e vice-presidente da FECOMÉRCIO, Rafael de Jesus, presidente do Sindicato do Comércio Lojista Maria da Purificação, procuradora do SINCOVESE e Sindicato do Comércio de Tobias Barreto,

A pauta de reivindicações dos trabalhadores foi entregue previamente aos sindicatos patronais para apresentação de contrapropostas. O Sindicato dos Varejistas já apresentou contraproposta para os trabalhadores em supermercados e as negociações vão acontecer diretamente em paralelo com a mediação, o mesmo acontecendo também em relação a convenção do comércio de Tobias Barreto.

A próxima rodada da mediação ficou agendada para às 10 horas, do dia 20 de fevereiro próximo, tendo sido incluído, por solicitação da bancada laboral, o Sindicato das Concessionárias e Distribuídores de Veículos e o Sindicato do Comércio de Material de Construção, além do Sindicato do Comércio de Produtos Farmacêuticos e do Sindicato do Comércio Atacadista que foram chamados já para a audiência preliminar da mediação. Todo o processo é mediado pelo Auditor do Trabalho e chefe da secção de mediação do Ministério do Trabalho em Sergipe, o Advogado Nilson Socorro.

Por: Assessoria do Gabinete

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Leia também