Aracaju, 21 de janeiro de 2022

Alese inicia discussão sobre Educação Pública de SE (Foto: Jorge Henrique)

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Reiniciando os trabalhos no plenário do Parlamento sergipano, um tema ganhou destaque e será discutido de forma aprofundada por todos os deputados estaduais neste ano de 2016. “Com certeza a Assembleia Legislativa irá debater esse tema importante para todos os sergipanos. O que queremos é que a Educação pública melhore, esse é o desejo de todos os deputados estaduais”. Revelou o vice-presidente da Casa, deputado Garibalde Mendonça (PMDB).

A deputada Ana Lúcia (PT) apresentou na tribuna da Casa as questões relacionadas à situação salarial dos Professores da rede pública e também exibiu algumas fotos de escolas onde os banheiros, apesar da unidade escolar ter sido reformada há pouco tempo, já estarem deteriorados. A parlamentar também apresentou um estudo realizado pelo SINTESE, sindicato que representa o magistério sergipano, mostrando as perdas ocorridas no Plano de Carreira da categoria.

A discussão sobre a qualidade da Educação Pública no Estado de Sergipe é uma orientação do Presidente Luciano Bispo, que assim como todos os deputados estaduais, entende que esse tema é de profunda relevância para a sociedade sergipana. “Claro que é preciso discutir a educação pública. O ensino dos nossos filhos é um assunto muito importante e essa Casa não ficar de fora”. E finalizou dizendo, “uma coisa é certa, o governo de Sergipe tem feito investimentos na educação, por outro lado o SINTESE reclama a perda de direitos, e a sociedade exige uma educação de qualidade. É isso que temos que resolver”. Disse Luciano Bispo (PMDB).

Por: Marcos Aurélio

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Três jogadores do Confiança testam positivo para a covid-19
Fósseis de animais históricos encontrados em Gararu
BBB 22: o que fazer com o prêmio de R$ 1,5 milhão
“É preciso melhorar e muito a Saúde do nosso Município”, afirma Sheyla Galba