Aracaju, 21 de setembro de 2021

Escola Profissionalizante de Dores oferecerá curso de agroindústria (Foto: Jorge Reis)

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Centro profissionalizante em Dores está sendo erguido com recursos do FNDE, por meio do Programa Brasil Profissionalizado, e corresponde a um investimento total de Ofertar educação profissional de qualidade para os jovens do interior do Estado de Sergipe. É com esse objetivo que o Governo do Estado finaliza a construção do Centro de Educação Profissional Beríla Lima, em Nossa Senhora das Dores. Localizada na Rodovia SE 230, a escola terá capacidade para atender 504 alunos por turno e oferecerá o curso de agroindústria. A previsão é que, até maio, a escola esteja pronta para entrega.

O centro profissionalizante em Dores está sendo erguido com recursos do FNDE, por meio do Programa Brasil Profissionalizado, e corresponde a um investimento total de R$10.538.178,08.

Sua construção está sendo feita em terreno de 20.247,55 m², com 5.577,39 m² de área construída. A nova escola possuirá bloco administrativo e pedagógico com 2 pavimentos e 12 salas de aula com capacidade para 42 alunos cada; 06 laboratórios (química, biologia, química, matemática, línguas e informática); setor administrativo; 2 laboratórios especiais com 233,78m² cada, biblioteca, auditório para 200 pessoas com forro acústico; anfiteatro; quadra poliesportiva coberta com 2 arquibancadas de três degraus.

Será construído também um bloco de serviços contendo cozinha, refeitório e despensas; baterias de sanitários masculinos e femininos, sendo um em cada pavimento e na quadra, um castelo d’água com capacidade de 36 mil litros, estacionamento interno para 35 veículos.

“Agora será realizado os ajustes finais, concluir algumas instalações, pinturas, e a parte de paisagismo com 2.700m² de grama em placas. É uma obra grandiosa que está dentro do prazo de entrega e que no máximo em 60 dias será concluída e pronta pra ser entregue. É uma obra importante voltada para educação. Ter uma escola profissionalizante em um município é fundamental para o crescimento dos jovens e da cidade. Não é qualquer escola, é uma grande escola com todos os requisitos para oferecer formação profissional de ponta”, disse o secretário de Estado de Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano, Valmor Barbosa.

A escola é adequada para atender os critérios de acessibilidade em todos os ambientes, com rampas, pisos de acesso tátil tanto no entorno quanto na parte interna da escola, além de banheiros adaptados e elevador.

Ascon ASN

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Sergipe sem óbito por Covid nesta segunda e 32 novos casos
Aumento expressivos de assaltos, uso e tráfico de drogas na praia da Cinelândia em Aracaju
Juma de ‘Pantanal’: Alanis Guillen revela reação à notícia, detalha preparação
Juliette revela temor no ‘BBB21’: ‘O impulso inicial é devorar, julgar, e isso me dava medo’