Aracaju, 27 de setembro de 2021

Festival Sergipano de Artes Cênicas continua neste final de semana (Foto:Divulgação)

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A programação do II Festival Sergipano de Artes Cênicas apresenta atrações até o dia 30 de abril. Esta semana, espetáculos de teatro e danças animam o Festival, promovido pelo Instituto Banese em parceria com a Secretaria de Estado da Cultura (Secult). Todas as atrações têm entrada gratuita. Nesta quinta-feira, 14 de abril, o Teatro Infantil dos Alunos do CCPA participa na Mostra Paralela com o espetáculo “Pintando o Amor com Tintas e Palavras”, baseado na obra de Gustavo Aragão. A apresentação acontece às 15 horas no auditório da Biblioteca Epifânio Dória.

À noite, o Teatro Lourival Baptista recebe duas atrações de dança. O Grupo de Dança Irmãos de Rua apresenta às 20 horas o espetáculo “Marionete”, que fala sobre a forma como as pessoas são tratadas e de como é possível cortar essas cordas e viver livre. Na sequência, o Grupo Leylak apresenta “Dara”, que aborda a relação do corpo enquanto um produto simbólico, com movimentos de dança gerados por pulsões instintivas. O espetáculo convida o espectador a mergulhar em um universo perceptivo, desvendando como é o ultimo suspiro, respirar, sentir a pulsação de um corpo que dança.

Já no dia 15 de abril o foco será o público infantil, que poderá assistir a dois espetáculos. “Deu a Louca nos Contos de Fadas”, da Companhia de Teatro Carlos Moreira, convidada vinda de Goiás, irá se apresentar em duas sessões, às 9h e às 15 horas, no Teatro Atheneu.  Nestes mesmos horários, o auditório da Biblioteca Pública Epifânio Dória recebe o Grupo de Teatro do Colégio Ômega com a peça teatral “Deu a Louca no Sítio do Pica-Pau Amarelo”. Mais tarde, a dança toma conta do Teatro Tobias Barreto, às 20 horas, com o espetáculo “Elo – A Essência de Tudo” da Companhia Nelson Santos. Inspirado em laços e relações do cotidiano das pessoas dentro de suas possibilidades, o espetáculo marca o 18º aniversário da Companhia.

No sábado, 16 de abril, o grupo Teatro dos Risos e Organização Eileri sobe ao palco do Teatro Lourival Baptista, às 15 horas, com a peça “Sorria, Flor do dia”, que conta a história da família circense comandada pelo patriarca, o palhaço Colchonete. Na peça, a família atrair o público, mas como é muito tradicional, ou seja, suas atrações e números não evoluem, sofrem com a evasão de plateia no velho e tradicional Circo Sorria.

Para completar a programação de final de semana, a companhia Loucurarte apresenta o espetáculo de dança “Todas as formas de amor: qualquer maneira de amar vale a pena”, às 20 horas, no Teatro Atheneu.  O espetáculo de dança sobre rodas mostra que o amor, por si só, não possui gênero e atinge a todos de forma inesperada. A narrativa permeia uma busca incansável pela satisfação deste sentimento, sempre tomado por desejos e conflitos.

ascom Secult

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Estado inicia pagamento dos servidores públicos nesta quarta-feira, dia 29
Escolas estaduais intensificam preparação para o Enem 2021
Ato Fora Bolsonaro vai ocupar ruas da Coroa do Meio no sábado
Adolescente de 14 anos morre após se afogar em açude no município de Salgado