Aracaju, 17 de setembro de 2021

Maioria do Senado é favorável ao processo de impeachment contra Dilma

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Levantamento feito pelo jornal “O Estado de S. Paulo” mostra que a maioria dos parlamentares do Senado Federal é a favor da abertura do processo de impeachment contra Dilma Rousseff, por crime de responsabilidade. Para que o processo seja admitido e aberto na Casa, o que levaria ao afastamento da presidente, é necessária maioria simples – 41 votos.

De acordo com a pesquisa, 42 senadores se declaram favoráveis à abertura de processo contra a presidente, enquanto somente 17, contrários. Ao mesmo tempo, 10 se dizem indecisos, 8 não quiseram responder e 4 não foram encontrados pela reportagem.

Fernando Collor (PTC-AL) e Jader Barbalho (PMDB-PA) não quiseram responder ao levantamento. O peemedebista, que na semana passada chegou a dizer ser contrário ao afastamento de Dilma, é pai do ministro Helder Barbalho, que permanece no comando da pasta de Portos.

Delator na Lava Jato e acusado de corrupção, o ex-petista Delcídio Amaral (MS) garantiu que votará pelo impeachment, assim como outra ex-petista, a pré-candidata à Prefeitura paulistana Marta Suplicy (SP).

Dois peemedebistas anunciaram voto a favor de Dilma e contrário à possibilidade de Temer chegar à Presidência: Roberto Requião (PR) e João Alberto (MA).

(Com o IG)

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Em seminário, professores da rede estadual apresentam projetos científicos
Polícia Civil prende acusado de praticar diversos roubos e furtos em Nossa Senhora das Dores
Obras de reestruturação modificam cenário da Rodovia entre a BR 101 e São Cristóvão
Ação alusiva à Semana da Árvore acontece neste sábado, no RioMar Aracaju