Aracaju, 21 de setembro de 2021

Especialistas da Universidade de Auburn conhecem ações de aquicultura (Foto: Assessoria)

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Especialistas da Universidade de Auburn conhecem ações de aquicultura da Codevasf em Sergipe

Pesquisadores da Universidade de Auburn (EUA) conheceram as ações na área de pesca e aquicultura desenvolvidas pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) em Sergipe. O objetivo da visita dos especialistas ao Brasil, encerrada nessa quarta-feira, 13, foi realizar um diagnóstico no Submédio e Baixo São Francisco e estudar melhorias para impulsionar a atividade na região. A ação faz parte de uma parceria firmada entre a Codevasf e a Universidade de Auburn em abril do ano passado.

Em Sergipe, a comitiva conheceu a Unidade de Beneficiamento de Pescado de Propriá – implantada pela Codevasf em 2005 para estruturar a cadeia produtiva de aquicultura. Em seguida, houve a visita a um lote do perímetro irrigado Propriá onde é realizada a produção de alevinos. Por último, os especialistas norte-americanos conheceram o trabalho desenvolvido pela Companhia no Centro Integrado de Recursos Pesqueiros e Aquicultura de Betume, no município de Neópolis.

O superintendente regional da Codevasf em Sergipe, Said Schoucair, acompanhou a visita e destacou a importância dos trabalhos realizados ao longo dos últimos dias. “Temos um trabalho importante relacionado à piscicultura e esperamos que nossas ações se fortaleçam cada vez mais. Essa parceria reforça a Codevasf como um dos órgãos que são referência nessa atividade e demonstra que podemos seguir evoluindo”, destacou.

As atividades prosseguiram com a visita a projetos de cultivo de ostras no município de Brejo Grande (SE). Durante o encontro, produtores da região tiveram contato com o pesquisador William Walton para a troca de experiências sobre a criação de ostras, apontando as dificuldades e as potencialidades existentes na atividade.

Oscálmi Porto, gerente regional de Revitalização da Codevasf em Sergipe, disse que é fundamental a articulação da Companhia com instituições de pesquisa, como a Universidade de Auburn. “A ação reforça nosso compromisso com o desenvolvimento da aquicultura. É importante, como no caso do cultivo de ostras, o incentivo a novas cadeias produtivas em Sergipe”, afirmou.

Acompanhados de técnicos da Companhia, além de Sergipe, os pesquisadores norte-americanos visitaram projetos e unidades da Codevasf nos estados de Alagoas, Bahia e Pernambuco.

Integraram a comitiva norte-americana os pesquisadores Dennis DeVries, professor e diretor-assistente do programa de pesquisas; John Jensen, professor visitante e diretor; Russel Wright, especialista em extensão e professor; William Walton, especialista em malacologia e professor; e Fernando Kubitza, especialista em aquicultura e pesquisador visitante da Universidade de Auburn.

Ascom Codevasf

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

MPF/SE abre recrutamento para ocupar função de confiança
Polícia Civil prende homem investigado por fraude ao DPVAT com prejuízo de mais de R$ 81 mil
Manuel Marcos destaca importância do Plano Diretor de Aracaju
HNSC promove palestra sobre Setembro Amarelo a servidores e pacientes