Aracaju, 28 de setembro de 2021

O iPhone 7 Plus, com lançamento previsto para setembro deste ano, deverá ser o primeiro celular daApple com tecnologia de câmera dupla

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O iPhone 7 Plus, com lançamento previsto para setembro deste ano, deverá ser o primeiro celular daApple com tecnologia de câmera dupla. Ela adquirida pela fabricante em 2015. Segundo o analista de mercado Ming-Cho Kuo, o smartphone terá um sensor duplo de 12MP fabricado pela Sony – com direito a zoom ótico em vez do tradicional zoom digital.

Capinha para iPhone 6S aumenta a bateria em até 25 horas

A tecnologia, criada pela empresa israelense LinX, utiliza dois sensores de imagem compactos do tipo CIS, com estabilização ótica e campo de visão ampliado no sensor principal e com lentes do tipo teleobjetiva 2-3x no sensor secundário. Esse conjunto pode alcançar qualidade similar à de câmeras DSLR disponíveis no mercado.

Contudo, há dúvidas sobre a capacidade do sistema iOSde administrar e alternar as imagens de alta resolução geradas pelos dois sensores. Vale lembrar que o LG G5deve trazer um sensor duplo na câmera principal, solução já implementada com sucesso pela HTC no seu top de linha de 2014, o M8.

Com lançamento distante, ainda há poucas informações sobre quais inovações o iPhone 7 ou a versão Plus podem trazer. Os rumores dão conta de que haverá um sistema de sensores capazes de absorver impactos de quedas, protegendo o display; um mecanismo de proteção contra água; e novos fones de ouvido que “aprendem” o gosto musical do usuário. Todos esses recursos são baseados em patentes descobertas recentemente.

Fonte: globo.com

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Polícia já tem suspeito do roubo das joias de Ana Alves, que inclui anel do seu pai, e já vai ouví-lo
Seduc convoca 57 educadores profissionais aprovados em seleção para cursos técnicos
Sergipe recebe mais de 67 mil vacinas para aplicação em primeira e segunda doses
Luciano Bispo diz que PDES revela potencialidades para investimentos