Aracaju, 27 de setembro de 2021

JACKSON BUSCA LIBERAÇÃO VERBAS NO MINISTÉRIO DAS CIDADES

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Jackson Barreto solicitou também a liberação de recursos pendentes para as obras de execução de sistemas de esgotamento sanitário e de sistema de abastecimento de água

Recursos para novas casas populares e para saneamento básico foram abordados durante audiência entre o governador Jackson Barreto e a ministra das Cidades, Inês Magalhães, nesta terça-feira, 26, em Brasília. O governador tratou das casas em Nossa Senhora do Socorro e na Barra dos Coqueiros, ampliação de abastecimento de água em Aracaju e esgotamento sanitário em Nossa Senhora do Socorro.

“Estamos vivendo uma forte crise em todo país, mas mesmo assim, o Governo de Sergipe vem mantendo um ritmo acelerado de obras em andamento em todo o estado. Esses investimentos são importantes para que possamos garantir empregos em nosso estado, além dos benefícios que essas obras trazem para a melhoria da vida da nossa gente”, disse.

O Governo do Estado já investiu R$ 5 milhões em infraestrutura para a construção de casas no loteamento 1° de Maio em Nossa Senhora do Socorro e precisa dos recursos para a execução do projeto. “Nossa luta é para garantir recursos na ordem de R$ 80 milhões para construção de unidades habitacionais para 1.100 famílias nesse conjunto habitacional”, informou o governador.

Para a Barra dos Coqueiros, Jackson Barreto pediu a liberação de recursos do Pró-Moradia para a construção de conjunto habitacional que vai permitir a realocação da população que vive às margens do Canal do Guaxinim.

Deso

O governador Jackson Barreto solicitou também a liberação de recursos pendentes para as obras de execução de sistemas de esgotamento sanitário e de sistema de abastecimento de água pela Deso. Estão sendo executada uma série de obras que se encontram com liberação de recursos pendentes, saldo a liberar e faturas em aberto no Ministério das Cidades.

São obras para a complementação da implantação do Sistema de Esgotamento Sanitário em localidades nas áreas de influência do Rio Poxim, em Nossa Senhora do Socorro  -com investimentos no valor de R$ 14 milhões; ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário de Aracaju, na Zona Norte e para a estação de recuperação da qualidade das águas na Zona Oeste – Subsistema Jabotiana.

Foto: ASN

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

A Voz do Brasil: Rádio se reinventa para atingir novos públicos
Agrese realiza audiência de mediação entre órgãos públicos
Com programação em dois eixos, Prefeitura amplia difusão cultural
Passeio ciclístico “Pedalando pela Vida” movimenta a Orla de Atalaia. O evento faz parte da programação do Setembro Verde