Aracaju, 18 de outubro de 2021

Marcos José Barreto é novo presidente da FAMES (Foto: Assessoria)

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O ex-prefeito de Aquidabã, Marcos José Barreto (Marcos da Acauã) foi eleito o novo presidente da Federação dos Municípios do Estado de Sergipe (FAMES). A eleição aconteceu seguindo o regimento interno da entidade e por conta da legislação eleitoral. Uma vez que o prefeito candidato à reeleição não pode ocupar cargo.

Para o novo presidente, assumir a liderança da federação é desafio. “É um grande desafio estar à frente da FAMES. Por dois motivos, primeiro pela importância da instituição e segundo pelo momento difícil que as prefeituras estão passando. Mas eu estou disposto a reforçar a luta municipalista em Sergipe e em Brasília. Os municípios enfrentam a pior crise financeira da história e meu objetivo é dar continuidade ao trabalho desenvolvido pela entidade para ajudar os prefeitos sergipanos a ultrapassarem as dificuldades geradas por essa crise”, afirmou, continuando.

“União é a palavra-chave. As cidades de Sergipe precisam de se unir em torno de temas comuns aos municípios. Nossa luta começa aqui, dentro de nosso Estado. Buscando mostrar à população e os nossos parlamentares que o quadro financeiro das prefeituras é cada dia mais grave. Unidos somos mais fortes e encontraremos uma saída para pelo menos amenizar os reflexos desse momento econômico em que vivemos”, ressaltou Marcos José.

Mesa Diretora

Liderada por Marcos, a nova mesa diretora da instituição é composta por Roberto Araújo Silva, vice-presidente (prefeito de Poço Redondo); Antônio Machado Neto,

diretor-financeiro (ex-prefeito de Brejo Grande); José Américo Lima, prefeito

de Propriá (1º secretário) e Rubens Feitosa Melo, prefeito de Itabi (2º

secretário).

Marcha 2016

De 9 a 12 de maio acontece a XIX Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios. A marcha, considerada um dos maiores eventos políticos do Brasil, é ferramenta

fundamental na luta municipalista. Assim com os gestores de todo país, o

presidente da FAMES espera que o encontro traga resultados positivos para as

cidades. “A marcha é realizada anualmente, promovendo o diálogo entre as

instituições brasileiras que atuam em defesa dos municípios e os parlamentares.

É uma excelente oportunidade para pautar as reivindicações comuns dos gestores de norte a sul do país e pressionar senadores e deputados a votarem projetos que ofereçam aos prefeitos subsídios para administrar suas cidades em tempos de crise como este. Espero que ao final da marcha tenhamos muito o que comemorar”, destacou Marcos.

T.Dantas Comunicação e Marketing

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Dia do Médico: Novos desafios da categoria após a pandemia
Brasil registra 130 mortes por covid-19 e 5,7 mil casos em 24 horas
Aziz adia para quarta-feira a leitura do relatório da CPI
Trabalhadores nascidos em outubro podem sacar auxílio emergencial