Aracaju, 17 de setembro de 2021

MEC lança programa ‘Hora do Enem’ e fará simulados online gratuitos (Foto: divulgação)

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Os estudantes que não dispõem de acesso à internet, devem solicitar vagas, até o dia 15, para realizar o simulado em alguma universidade ou escola estadual

Recém lançada pelo ministério da Educação (MEC), a plataforma de estudos gratuitas Hora do Enem irá oferecer simulados on-line do Exame Nacional do Ensino Médio. O primeiro deles será realizado no próximo dia 30, e é exclusivamente destinado a estudantes concluintes do ensino médio. Os alunos do terceiro ano do ensino médio que têm acesso à internet poderão realizar o simulado em qualquer lugar, por meio de computador, tablet ou celular próprios.

Já os estudantes que não dispõe desse recurso, terão a oportunidade de realizar o simulado em universidades e institutos federais de educação, ciência e tecnologia.

Esses estudantes devem solicitar no portal do Programa Hora do Enem, até a próxima sexta-feira, 15, uma das 120 mil vagas disponíveis, em instituições de todo o país. Gratuito, o simulado pode ser feito também em instituições particulares e comunitárias e escolas estaduais de ensino médio.

Em Sergipe, todas as escolas de ensino médio da rede estadual estão cadastradas como locais disponíveis para esse simulado, conforme explica a chefe do Serviço de Ensino Médio da Secretaria de Estado da Educação (SEF/DED/Sedd), Gilvânia Guimarães.

De acordo com Guimarães, mais de 16 mil estudantes da rede pública estadual estão aptos a participar desses simulados oferecidos pelo Governo Federal. “É muito importante a participação de todos esses estudantes que estão cursando a última série do ensino médio, pois muitos deles ainda estão no período de férias e podem aproveitar para continuar estudando para as provas do Enem”, ressalta.

Simulado

A prova online será aplicada no próximo dia 30 e terá 80 itens, com a mesma metodologia de elaboração de questões do Enem. O simulado estará aberto durante quatro horas ininterruptas para o candidato, que pode realizá-lo entre a zero hora e as 20h do dia 30.

Quem optar por fazer a prova em uma das instituições ofertantes de acesso à internet deve estar atento ao horário. O treino nesses locais será realizado das 8h às 12h (horário de Brasília).

Estão previstos outros três simulados online: em 25 de junho e em 13 de agosto, e o último deles nos dias 8 e 9 de outubro. A abrangência dos assuntos cobrados nos simulados seguintes avança conforme o desenvolvimento dos aprendizados do ano letivo. Na prática, o último simulado corresponde a um exemplo de teste completo de como será, de fato, no dia das provas do Enem de 2016.

Com o resultado imediato do simulado, é possível o estudante compará-lo com a nota de corte do Enem para o curso e para a universidade de interesse para fazer a graduação.

Plataforma

A plataforma Hora do Enem é um programa de estudo com diversos recursos interativos para melhorar o aprendizado.

O sistema entrou na internet em 5 de abril, e além de planos de estudo, estão disponíveis exercícios e videoaulas, que poderão ser assistidas a partir de 30 de abril no espaço denominado MECFlix. Todo o conteúdo estará acessível a qualquer hora do dia, na internet, com smartphone, tablet ou computador.

A TV Escola também vai transmitir o programa de TV Hora do Enem. A programação televisiva inclui 300 vídeos de resoluções de exercícios. A exibição será diária, às 18h, com reprise no dia seguinte, às 7h e às 13h, além dos fins de semana.

A transmissão contará com a parceria de mais de 40 canais em todo o Brasil, entre tevês universitárias, comunitárias, legislativas e canais estaduais.

Fonte: ASN – com informações do INEP

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Semana Nacional do Trânsito é aberta em Sergipe
Incêndio atinge apartamento no Centro de Aracaju. O trabalho durou cerca de 3 horas
Aracaju: Avenida Beira Mar terá trânsito temporariamente bloqueado domingo
Religação de energia elétrica pode ser solicitada por meio dos canais digitais