Aracaju, 25 de setembro de 2021

Perícia Médica do Estado convoca agentes e escrivães da Polícia Civil de Sergipe (Foto: ASN)

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Medida cumpre o decreto de 30 de março que indica que a até o mês de agosto, 30 profissionais serão convocados a assumir seu posto na polícia sergipana

No dia 03 de maio, os agentes e escrivães da Polícia Civil de Sergipe que fazem parte do primeiro bloco de nomeações, determinado pelo Decreto de 30 de março de 2016, deverão comparecer a Perícia Médica do Estado para cumprir mais uma etapa para sua posse. O comparecimento à perícia deve ocorrer às 7h, para entrega de exames laboratoriais e avaliação psicológica.

Conforme determinado pelo Governo, o comparecimento será feito em etapas. Mensalmente, até o mês de agosto, serão convocados 30 profissionais aprovados no certame, até a conclusão dos 120 preestabelecidos no edital.

Para realização da perícia, os candidatos devem comparecer na data preestabelecida munidos de alguns documentos, como uma Foto 3×4; originais e cópia da Carteira de Identidade, CPF e Título de Eleitor; Extrato do PIS/PASEP (pode ser solicitado nas agências do Banco do Brasil ou Caixa); Conta Corrente do Banese (Caso Possua); Comprovante de Residência; Certificado de Reservista ou Alistamento Militar (para homens); Certificado de escolaridade, em conformidade com a exigência do cargo.

Devem ser apresentados também a Certidão de Antecedentes Criminais; (Residentes em Sergipe retirar pelo site www.ssp.se.gov.br); Certidão de Crimes Eleitorais e Certidão de Quitação da Justiça Eleitoral; ( Residentes em Sergipe www.tjse.jus.br); Certidão Negativa Criminal Estadual (Residentes em Sergipe www.tjse.jus.br); Certidão Negativa Criminal Federal (www.jfse.jus.br). Em caso de Servidor Público, apresentar certidão constando não ter sofrido sanções de natureza administrativa, civis ou penais (Adquirido no Setor Pessoal de cada Órgão).

Concurso público

O concurso da Polícia Civil de Sergipe foi lançado em setembro de 2014, e previu a contratação de 100 vagas para agente de Polícia Judiciária Substituto e 20 Escrivães Substitutos. Após todo o processo seletivo realizado pelo Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação, o Governo do Estado, através da Academia de Polícia (Acadepol), coordenada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP), iniciou o Curso de Formação, terceira etapa do certame.

A fase eliminatória e classificatória orientou os candidatos adquirir uma grande bagagem de conhecimento sobre o dia a dia da polícia civil em um curso de formação com 400 horas de atividades e avaliação de provas de títulos. No final do curso de formação, foram apresentados 401 agentes e 53 escrivães, que participaram da solenidade de formatura no final de dezembro. Esses vão compor um cadastro de reserva e ficam à disposição para futuras convocações.

Após esta etapa, foi realizado no último dia 30 de março, a nomeação dos 120 novos profissionais em um ato histórico para a segurança pública de Sergipe. Durante o ato o governador reforçou a importância do concurso e desses profissionais para o povo sergipano. “Precisamos muito dos senhores. Com a mesma expectativa que fizeram o concurso e a partir da crença e capacidade de cada um, peço que façam dessa oportunidade e do cargo que obtiveram por competência pessoal, uma lição a serviço do governo, da sociedade e da segurança pública, e que transformem seus sonhos na felicidade do povo de nosso estado”, afirmou Jackson Barreto na ocasião.

Foto: ASN

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Polícia prende mulher que praticou roubo de motocicleta no Bugio
Enock Ribeiro, secretário Socorro, recebe Título de Cidadão Sergipano
Eliane participa reunião com articuladores do Selo UNICEF
Fábio Reis assina ordem de serviço para pavimentar povoado