Aracaju, 22 de setembro de 2021

Lançada précandidatura de Zezinho e Jackson diz que ele é mais um da base

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) lançou nesta quinta-feira (28), oficialmente, o nome de Zezinho Sobral como précandidato a prefeito de Aracaju pelo partido. Aconteceu na orla no auditório de um hotel na orla de Atalaia, com a presença das principais lideranças do partido na Capital e de cidades do Interior.

Na mesma solenidade foram lançados os nomes dos 38 précandidatos do PMDB à Câmara Municipal de Aracaju. A partir de agora todos eles trabalham nas comunidades à cata de voto, podendo inclusive usar o nome da sigla que os endossa. Os trabalhos foram dirigidos pelo presidente do Diretório Municipal de Aracaju, deputado estadual  Luis Garibaldi Mendonça.

O governador Jackson Barreto participou da solenidade e, em breve discurso disse que os précandidatos a prefeito da base aliada estão equilibrados, mas todos têm que trabalhar para se credenciar a ser o candidato do bloco. Fez questão de salientar que Zezinho Sobral é mais um dos précandidatos do bloco governista à Prefeitura de Aracaju.

Insistiu que só em maio é que indicará o nome do candidato da base aliada e que deve ter o apoio de todos os partidos do Governo. Deixou claro também que não vai admitir envolver o Governo em campanha política.

Zezinho Sobral também fez um pronunciamento e se declarou “extremamente feliz e preparado para enfrentar esse caminho. Tenho ideias, coragem e conduta para isso”. Segundo Sobral, para ser prefeito de Aracaju “tenho que trabalhar muito, servir ao povo e ao meu partido. Tenho coragem para trabalhar”.

O précandidato pelo PMDB pediu aos aracajuanos que procurassem saber da sua história, “conheçam meu trabalho e minha luta!” E insistiu: “estou disposto a trabalhar!”

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Após 11 dias de greve, Maruim continua sem prazo de pagamento
Cassação assusta o governo
Doação: Unit recebe 500 vade-mécuns entregues pelo senador Alessandro Vieira
Senadora vota a favor da PEC que isenta gestores por não cumprirem limite de gastos com educação