Aracaju, 28 de setembro de 2021

TCE DE SERGIPE VAI AUDITAR OS CONTRATOS DO BANCO MUNDIAL

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE/SE) assinaram no final da tarde da terça-feira, 3, em Brasília, protocolo de entendimento para a realização de auditorias nos contratos de empréstimos e convênios de cooperação técnica, celebrados entre o BID e o respectivo estado ou entidade controlada por este.

Para o representante do BID no Brasil, Hugo Flórez Timorán, a assinatura deste protocolo de entendimento é um marco importante na consolidação da parceria que o Banco vem construindo junto aos Tribunais de Conta no Brasil. “Esta parceria agrega valor ao processo de supervisão fiduciária dos nossos projetos, além de conduzir a uma utilização mais eficiente e eficaz dos recursos, assegurando a contribuição para o desenvolvimento social e econômico do país”, afirmou.

Com a assinatura, o tribunal se compromete a seguir as normas de auditoria estabelecidas pela Organização Internacional de Entidades Fiscalizadoras Superiores (INTOSAI), além de manter profissionais capacitados para o acompanhamento dos projetos financiados por organismos multilaterais e colaboradores em geral. Na prática, o protocolo define o compromisso da instituição no sentido de fortalecer as atividades de auditoria relacionadas aos padrões exigidos pelo Banco.

“É uma satisfação para nós fecharmos esse convênio com o BID, uma organização internacional, que confia no Tribunal de Contas de Sergipe para fazer auditoria em seus projetos. Com certeza essa é uma grande oportunidade para fortalecermos ainda mais as práticas de auditoria no Estado”, disse o conselheiro-presidente do TCE/SE, Clóvis Barbosa de Melo.

O BID está empenhado em fortalecer o uso de sistemas nacionais de controle externo, bem como está trabalhando e apoiando 18 Tribunais de Contas Estaduais e Municipais no Brasil em seu processo de aperfeiçoamento quanto ao uso das normas e melhores práticas internacionais de auditoria.

Fonte: TCE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Samuel decidirá adiar casamento com Zayla em ‘Nos Tempos do Imperador’
Juliette recebe Pabllo Vittar no ‘TVZ’: ‘Fico hipnotizada quando olho pra ela!’
Larissa Manoela sai do mar de maiô cavado e ganha curtida de affair
Aos prantos, Luisa Mell relembra violência médica: “Não quero viver assim”