Aracaju, 28 de setembro de 2021

ARMANDO MONTEIRO É EXONERADO PARA VOTAR CONTRA IMPEACHMENT

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
da Agência Brasil

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, foi exonerado, a pedido, para votar no processo de impeachment no Senado Federal. Monteiro tem mandato de senador pelo PTB-PE e vai votar contra o afastamento da presidenta Dilma Rousseff. A exoneração foi publicada na edição de hoje (9) do Diário Oficial da União.

Depois de admitido no Congresso pela Câmara dos Deputados, o processo de impeachment de Dilma Rousseff seguiu pra o Senado e teve parecer favorável ao afastamento da presidenta aprovado na Comissão Especial, por 15 votos a favor e 5 contrários. Na quarta-feira, a expectativa é que os senadores comecem a votação em plenário.

Há uma semana, Monteiro disse que sua saída do ministério dependeria de decisão de Dilma. “É a presidenta que definirá. Se ela me liberar, terei muita disposição para votar no Senado no dia 11 [data prevista para votação no plenário], para afirmar essa posição de solidariedade ao governo e ao mandato da presidenta”, afirmou Monteiro. O ministro destacou que tem tarefas a concluir na pasta antes de um eventual afastamento da presidenta e de mudanças nos ministérios.

O Diário Oficial da União também trouxe a exoneração do diretor da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), Leandro Reis Tavares.

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Samuel decidirá adiar casamento com Zayla em ‘Nos Tempos do Imperador’
Juliette recebe Pabllo Vittar no ‘TVZ’: ‘Fico hipnotizada quando olho pra ela!’
Larissa Manoela sai do mar de maiô cavado e ganha curtida de affair
Aos prantos, Luisa Mell relembra violência médica: “Não quero viver assim”