Aracaju, 27 de setembro de 2021

Detran/SE segue com ações do Maio Amarelo em escolas (Foto: assessoria)

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Em mais um dia de ação do Maio Amarelo, promovida pelo Departamento Estadual de Trânsito – Detran/SE –, a equipe da Coordenação de Educação para o Trânsito – COET –, juntamente com a Companhia de Policiamento de Trânsito – CPTran –, estiveram na manhã desta segunda-feira, dia 9, na Escola Estadual Prof. Valnir Chagas, localizada no centro da capital. Foi realizada ainda uma blitz educativa na avenida Tancredo Neves, zona sul da capital, onde foram passadas informações sobre o movimento aos motoristas alertando sobre os cuidados e a segurança no trânsito.

Durante a palestra na escola, o coordenador do COET, Ailton Lima, chamou a atenção dos estudantes na faixa de 14 a 16 anos de idade para importância do Maio Amarelo. “Essa mobilização com os jovens vem para chamá-los a participarem das ações ao mesmo tempo em que os conscientiza sobre seu comportamento no trânsito. Eles são o ponto de partida para a mudança, afinal, são os futuros motoristas e precisam desse elemento transformador para dar fim à violência no trânsito”, explanou.

Nessa interação, os alunos puderam tirar suas dúvidas sobre as leis de trânsito. Muitos aprovaram a iniciativa, dizendo ser esse o caminho para a mudança de comportamento. “Essas palestras são muito importantes porque absorvemos essas informações e, através delas, podemos alertar nossos pais, amigos e outros adultos sobre os riscos de beber e dirigir, o uso do cinto de segurança, entre outros. Cada um fazendo sua parte faz um trânsito melhor”, falaram as estudantes Akíra Indára S. Bomfim e Paloma de Freitas Carvalho.

Os professores também viram de forma positiva a ação. “É uma educação que se leva para toda vida. Educar e conscientizar esses alunos no trânsito envolve o respeitar a si e ao outro. Eles têm que estar precavidos, prestar atenção em tudo que está a sua volta para desenvolver uma consciência ou interação coletiva. Precisamos fazer nossa parte em formar esses futuros motoristas”, disse a professora Margaraney Gomes dos Anjos.

Fonte: Ascom/Detran

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

A Voz do Brasil: Rádio se reinventa para atingir novos públicos
Agrese realiza audiência de mediação entre órgãos públicos
Com programação em dois eixos, Prefeitura amplia difusão cultural
Passeio ciclístico “Pedalando pela Vida” movimenta a Orla de Atalaia. O evento faz parte da programação do Setembro Verde