Aracaju, 17 de setembro de 2021

Procon municipal debate crise e aprova projeto em reunião (Foto: Rodrigo Alves)

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Aconteceu na última terça, 10, mais uma reunião realizada pelo Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (PROCON), com o Conselho Municipal de Defesa do Consumidor (CONDECON), com o objetivo de elaborar políticas públicas voltadas para a atual crise financeira do país, votação de projeto de publicidade institucional para o órgão e atualização dos membros sobre os temas debatidos no XIII Congresso Brasileiro de Direito do Consumidor realizado no início do mês em Foz do Iguaçu, no Paraná.

O projeto da publicidade institucional que tem o objetivo de lançar novas ferramentas para fortalecer a relação do PROCON com o consumidor foi aprovado por unanimidade pelo conselho. “Essa aprovação é de extrema importância para o fortalecimento da atuação do nosso órgão, agora iniciaremos o processo administrativo e uma licitação para levar efeito a elaboração e execução desse projeto de mídia”, explicou o coordenador geral de defesa do consumidor, Jorge Husek.

A reunião presidida pelo coordenador abordou ainda, as conquistas do Condencon que possui 18 membros, e completou um ano de existência no dia 29 de abril. O órgão Colegiado Central de Orientação do Sistema Municipal de Defesa do Consumidor tem caráter consultivo, normativo e deliberativo, e possui a responsabilidade de formular as diretrizes para a política municipal de relações de consumo, atuando no controle da política municipal de defesa do consumidor, propondo normas, procedimentos e ações, visando sempre à defesa do consumidor.

A defensora pública Elizabete Ludovice, elogiou a atuação do PROCON junto ao Condecon neste primeiro ano de trabalho. “Aqui podemos discutir, sugerir pautas, junto ao Procon Muncipal levando ao consumidor o esclarecimento, proteção e orientação. Atenção que antes não havia em Aracaju no âmbito de fiscalização de restaurantes, bares e hotéis, o que é de grande valia. A defensoria pública recebe observações, e conjuntamente podemos prosperar dando o melhor ao consumidor sergipano”, afirmou.

Os membros receberam as atualizações da ProconsBrasil, em relação as mudanças da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), como o estudo que propôs o fim da franquia de bagagem, limitação da assistência ao passageiro em caso de problemas meteorológicos, novas regras para reembolso e transferência de bilhetes. Foi discutida também a medida cautelar da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), do fim do bloqueio de internetcaso o cliente tenha atingido o limite de dados, entre outros assuntos.

Foram levantadas ainda pautas para próximas reuniões, como a receptividade dos turistas nas Olimpíadas que acontecerão no mês de agosto no Brasil. A intenção é que os hotéis de Aracaju recebam atenção especial do PROCON e seus parceiros, para o cumprimento dos direitos do consumidor.

Membros empresários também destacaram a situação da atual crise financeira que o país enfrenta. O coordenador geral também externou a preocupação do órgão com a situação, e reforçou o papel de orientação do Procon para o empresariado.

Texto e foto: Rodrigo Alves – Assessoria de Comunicação do PROCON Municipal de Aracaju.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Ação alusiva à Semana da Árvore acontece neste sábado, no RioMar Aracaju
UNINASSAU Aracaju mantém ações pelo Setembro Amarelo
Edição especial do Praia limpa será realizada neste sábado
Prefeitura de Aracaju inicia recuperação da avenida Santos Dumont