Aracaju, 28 de setembro de 2021

TRAFICANTES PRESOS E VEÍCULO ROUBADO É RECUPERADO

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Agentes da Coordenadoria de Polícia Civil da Capital (COPCAL) realizaram na tarde dessa quarta-feira, 11, a prisão do ex-presidiário Társis Oliveira Campos e Laércio dos Santos Costa, pela prática de crimes de tráfico, associação para o tráfico e receptação. O flagrante ocorreu na Praça General Valadão, no Centro de Aracaju.

Segundo o delegado André Baronto, coordenador da operação, a prisão ocorreu após a equipe receber denúncias sobre dois indivíduos que estariam em um veículo HB20 com restrição de roubo/furto, nas proximidades do Centro de Aracaju, realizando a venda de entorpecentes.

“Diante das denúncias, os policiais realizaram campana na Praça General Valadão, localizando o veículo HB20. Após a observação de atitudes suspeitas da dupla, realizamos a abordagem. Na revista, foram encontrados alguns papelotes contendo maconha do tipo skank e uma certa quantia em dinheiro”, explicou Baronto.

Após diligências à residência de Laércio, no bairro Porto Dantas, os agentes apreenderam dois pedaços maiores de maconha (skank). Já na casa de Társis, também no Porto Dantas, foram apreendidos cerca de 40 pinos contendo cocaína, um tablete de maconha (skank), 12 trouxas de maconha, uma balança digital de precisão e um pacote contendo vários pedaços grandes de uma droga ainda não identificada.

Já na delegacia, para onde a dupla e o material apreendido foram encaminhados, confirmou-se que o veículo utilizado havia sido roubado no Estado da Bahia. Os suspeitos estão detidos, à disposição do Poder Judiciário.

Fonte e foto: ascom SSP

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Samuel decidirá adiar casamento com Zayla em ‘Nos Tempos do Imperador’
Juliette recebe Pabllo Vittar no ‘TVZ’: ‘Fico hipnotizada quando olho pra ela!’
Larissa Manoela sai do mar de maiô cavado e ganha curtida de affair
Aos prantos, Luisa Mell relembra violência médica: “Não quero viver assim”