Aracaju, 1 de agosto de 2021

JUCÁ ANUNCIA QUE MUDANÇA NA META FICA PARA OUTRA SEMANA

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Agência Brasil

O novo ministro do Planejamento, Romero Jucá, comentou em sua conta no Twitter a aprovação da meta fiscal para 2016. Segundo ele, a votação da mudança na meta pelo Congresso Nacional pode ficar para a próxima semana, mas não pode ultrapassar o dia 30 de maio.

O prazo para aprovação da mudança da meta é 22 de maio. Caso não ocorra, a equipe econômica tem de fazer um corte adicional de despesas que pode paralisar a máquina pública.

A equipe econômica da presidenta afastada Dilma Rousseff pediu autorização ao Congresso para um déficit primário de R$ 96,7 bilhões este ano. Mas, em sua primeira entrevista após assumir o Ministério da Fazenda, Henrique Meirelles disse que o déficit ultrapassa esse valor.

Um dos motivos é que há receitas superestimadas no Orçamento, como as previstas com a Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), que não foi aprovada pelo Congresso. Jucá escreveu no Twitter que o fechamento do valor total do déficit fiscal depende do balanço da Eletrobrás e da renegociação das dívidas dos estados.

O ministro disse também que a votação da alteração da meta depende da Comissão Mista de Orçamento (CMO). Ainda não está definido se a comissão será instalada ou se a apreciação da meta fiscal acontecerá diretamente no plenário do Congresso Nacional.

Jucá também usou a conta no Twitter para falar sobre a escolha da economista Maria Silvia Bastos Marques, ex-presidente da Companhia Siderúrgica Nacional, para a presidência do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), confirmada hoje pelo presidente interino Michel Temer. “É uma ótima escolha”, afirmou.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Belivaldo assina Ordem de Serviço da  etapa 2ª do Canal Remanso
Quinto dia de greve conta com caminhada e apitaço em Maruim
Belivaldo elogia trabalho de André e diz que Edvaldo foi feliz na parceria 
Motoristas de carro fumacê são capacitados pela Funesa