Aracaju, 1 de agosto de 2021

PGM participa de reunião para firmar parceria com Defensoria (Foto: Marcos Borges)

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Aconteceu na última sexta-feira (13), na sede da Defensoria Pública do Estado de Sergipe, reunião com a participação de representantes do Município de Aracaju, por meio do Procurador Geral, Carlos Pinna Júnior, e do secretário municipal de Saúde, Antônio Almeida.

A reunião foi conduzida pelo defensor geral, Jesus Jairo Lacerda, e acompanhada pelos defensores públicos Leó Neto, Gustavo Dantas Carvalho e pelo coordenador do Núcleo de Saúde, Saulo Lamartine.

O encontro foi considerado pelo Procurador Geral do Município de Aracaju como muito produtivo e teve como finalidade principal firmar uma parceria entre Defensoria e a Prefeitura de Aracaju no tocante às demandas judiciais promovidas na área da Saúde. A intenção de ambos os órgãos é otimizar o atendimento aos aracajuanos que frequentemente chegam à esfera judicial, buscando  solucionar problemas que de forma mais célere no âmbito administrativo.

Segundo Carlos Pinna Júnior, a reunião e o instrumento jurídico a ser firmado entre a Procuradoria e a Defensoria ratificam a relação cordial entre a Procuradoria e Defensoria, além de garantir maior efetividade aos usuários do serviço da saúde pública municipal e a boa aplicação dos recursos públicos nessa área.

O secretário municipal de Saúde, Antônio Almeida, também aprovou a iniciativa da defensoria em buscar soluções para ações judiciais que muitas vezes demandam tempo e prejuízo a usuários do sistema de saúde com problemas que em sua maioria poderiam ser evitados e resolvidos de forma mais rápida.

De acordo com o coordenador do Núcleo de Saúde da Defensoria Pública do Estado, Saulo Lamartine, a reunião visa a ajustar o direcionamento das pessoas que habitualmente procuram a defensoria para resolução de problemas envolvendo a área de saúde, seja para a compra de um medicamento ou mesmo para um procedimento cirúrgico. “O importante é que as pessoas possam ter seus problemas solucionados e da maneira mais rápida possível. Assim, acreditamos que iremos diminuir o número de ações judiciais e, com isso, também ajudar ao município economizar recursos antes gastos ou direcionados para cumprimento de decisões judiciais”, justificou Saulo Lamartine.

Fonte: AAN

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Belivaldo assina Ordem de Serviço da  etapa 2ª do Canal Remanso
Quinto dia de greve conta com caminhada e apitaço em Maruim
Belivaldo elogia trabalho de André e diz que Edvaldo foi feliz na parceria 
Motoristas de carro fumacê são capacitados pela Funesa